• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Saúde »

Empresas de transporte coletivo poderão alertar sobre risco de trombose durante viagem

Projeto de lei está em tramitação no senado

Fernanda Nazaré - Publicação:22/11/2012 17:10Atualização:22/11/2012 17:28
Passageiros com problemas de circurlação têm  mais tendência a desenvolver trombose (iStock/ Reprodução)
Passageiros com problemas de circurlação
têm mais tendência a desenvolver trombose
Foi aprovado, na Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS), nessa quarta-feira, o projeto de lei que estipula o alerta aos passageiros de ônibus sobre o risco de desenvolver trombose venosa profunda - doença causada pela formação de coágulos nas veias - durante viagens mais longas.

Segundo o projeto, a orientação aos passageiros deve ser feita antes da viagem, conforme determinam normas internacionais e nacionais de prevenção da trombose venosa profunda.

Entre as recomendações estão: "não colocar bagagem em baixo das poltronas por restringir o movimento das pernas; evitar cruzar as pernas; mudar sempre de posição; beber líquidos e fazer pequenos exercícios durante a viagem".

De acordo com o professor de educação física da Academia Unique Fitness, Marcos Silva dos Prazeres, o ideal seria movimentar os membros inferiores. "Estender e flexionar os tornozelos de 15 a 20 vezes, a cada 10 minutos, ajuda a bombear o fluxo sanguíneo na região em que se encontra uma artéria fundamental do corpo", explica ele.

O projeto (PLC 121/2010) foi aprovado em decisão terminativa, se não houver recurso para votação em plenário, poderá seguir para a sanção do Executivo.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017