• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Economia »

Mulheres dominam os sex shops

Pesquisa aponta que o público feminino é responsável por quase 70% das compras

Fernanda Nazaré - Publicação:30/11/2012 15:42Atualização:30/11/2012 16:41
Disfarce feminino: massageador em formato  de pincel de maquiagem (Divulgação)
Disfarce feminino: massageador em formato
de pincel de maquiagem
A indústria erótica não acompanha as flutuações do mercado financeiro. É o que confirma a pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme), em abril deste ano. Dados apontaram que cerca de 68% dos frequentadores de sex shop's são mulheres, enquanto os homens ficam com 32% de frequência dos locais. Já nas lojas virtuais a diferença não é tão grande, pois as compras são realizadas por 55% do público feminino e 45% por homens.

“Mais de 80% do meu público é feminino. Cada mulher gasta cerca de 100 reais por visita na loja”, conta a proprietária do sex shop Magia do Amor, Ana Cláudia Fraga. Com 11 anos de mercado, a única mudança que a empresária percebeu nesta última década foi a migração dos clientes da loja física para a loja online. “Nos últimos dois anos, principalmente, a venda dos sites tem aumentando bastante e para manter o fluxo da loja física tenho que ser muito criativa nas promoções”, explica ela. Uma das novas estratégias é fazer atendimento personalizado, com a loja fechada exclusivamente para clientes que são tímidos e marcam horário para visitação.

Os números do mercado erótico brasileiro são mesmo contagiantes. São comercializados aproximadamente 4 milhões de produtos cosméticos por mês, são 40 mil consultoras domiciliares de norte a sul e já contabiliza 10 mil pontos de venda em todo o país. São sex shops, lojas, boutiques, estandes, grêmios, espaços sensuais e diversos outros locais onde se podem adquirir os mais de 11.000 itens disponíveis.

Quem já percebeu a potencialidade desse mercado, e focando no universo online, foi a ex-corretora de imóveis Tânia Alves de Souza. Há oito meses, ela e o marido começaram uma pequena revenda de produtos sensuais. Apresentavam os produtos em festas de despedida de solteiro, chá de lingerie, formaturas e agora abriram a loja online. Há três meses no ar, Tânia conta que o site já teve mais de oito mil acessos. “Investi R$ 15 mil em um grande estoque de produtos. Esses poucos meses de vendas online já pagaram as despesas da criação do site e mantém a empresa com as contas em dia”, conta a mais recente empresária do ramo em Brasília.

Anuário das melhores lojas do país

Cd e e-book anuário de fornecedores de produtos eróticos 2013 (Reprodução)
Cd e e-book anuário de fornecedores de produtos
eróticos 2013
A Associação Brasileira de Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme) lançará CD dos melhores fornecedores do Mercado erótico em abril de 2013. A distribuição será gratuita para todo o Brasil.

O projeto contemplará todos os interessados em conhecer os grandes players do setor, ter o contato e conhecer produtos de qualidade e serviços inovadores. Através da criação de um CD e do e-book que serão distribuídos de graça para todo o setor em cobertura nacional. A associação acredita abranger um público de mais de 10 mil compradores corporativos de produtos eróticos e sensuais.

Além dos contatos dos melhores fornecedores do mercado erótico, o empreendedor terá acesso tanto no e-book quanto no CD de uma lista das grandes marcas e seus representantes legais no Brasil. A proposta é informar o mercado sobre as empresas que comercializam as marcas com contrato de exclusividade e as representam legalmente sob todos os aspectos.

Através desta lista os empreendedores poderão ajudar no reconhecimento aos produtos pirateados e que lesam as verdadeiras marcas que investem no Brasil.

Para as empresárias: De pernas para o ar – 2


Sucesso de bilheteria nacional, o filme que conta a história de uma mulher que se separa do marido e entra no mundo dos produtos eróticos – como empresária e consumidora, vai ter sua continuação lançada no dia 28 de dezembro.

Em De Pernas Pro Ar 2, Alice (Ingrid Guimarães) aparece mais rica e poderosa, resultado do sucesso da loja sex shop Sexy Delícia. Entretanto, manter-se no topo causa mais estresse e ansiedade do que chegar até ele. Ela está com cada vez menos tempo pro marido, para o filho adolescente e pra si mesma. E agora? Será que o casamento vai suportar a pressão?

Assista ao trailer:



 
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017