• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Turismo »

Conheça a Chapada dos Veadeiros

Um dos principais destinos turísticos de Goiás fica a cerca de 288 km de Brasília e tem paisagens de tirar o fôlego

Da redação com Ministério do Turismo - Redação Publicação:03/12/2012 15:38Atualização:03/12/2012 15:43
A natureza exuberante da chapada é um atrativo à parte (Dasha Gaian/Divulgação)
A natureza exuberante da chapada é um atrativo à parte
Um dos destinos mais importantes de ecoturismo e aventura no Brasil é o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, que faz parte da Reserva da Biosfera de Goiás e foi declarado patrimônio mundial natural em 2001, pela Unesco. O relevo acidentado e a fartura de águas fazem do lugar uma referência quando se fala de cachoeiras, além de atividades radicais.

No parque o aspecto cultural pode ser percebido nos sítios arqueológicos, descobertos no período do garimpo do quartzo. Para os visitantes, a chegada é através do município de Alto Paraíso de Goiás, que conta com atrativos curiosos, como religiosidade, misticismo e terapias naturais. No distrito de São Jorge fica a principal portaria do parque, e se caracteriza pelo clima bucólico.

Já a cidade de Cavalcante possui vários atrativos naturais do ambiente de cerrado, como relevo acidentado e recursos hídricos – destaque para cachoeiras de águas cristalinas levemente coloridas de um verde indescritível. Além disso, o local possui a maior população quilombola do país.

Vale conhecer também o vale da Lua, que é um atrativo singular, devido às formações geológicas em trecho do rio São Miguel, que possibilita ainda banho em pequenos poços.

O que fazer:

  • Caminhada: no parque nacional, todos os atrativos abertos ao uso público exigem que o visitante realize a atividade de caminhada. As características biofísicas da região favorecem a prática desta modalidade em todas as suas variações;
  • Canoismo: essa prática é muito comum, principalmente associada a banhos de rio ou cachoeiras. Atividades como canionismo (uma das principais vocações do destino), cachoeirismo, boia cross e rafting são também oferecidos;
  • Arvorismo, rapel e tirolesa: o arvorismo é comum no portal da Chapada, sendo possível também o rapel e a tirolesa, conhecida como voo do gavião e é uma das maiores do Brasil;
  • Turismo cultural: as comunidades quilombolas vivem em grandes territórios marcados pela beleza e singularidade da paisagem. Os traços culturais tão expressivos destas comunidades são vivenciados basicamente em momentos festivos


Como chegar:

Partindo de Brasília, que está a cerca de 250 km de Alto Paraíso, o viajante deve pegar a BR 020, em direção a Formosa (GO). Após a cidade de Planaltina, é preciso prestar atenção ao trevo que indica a GO-118, rodovia que leva a Alto Paraíso e passa por São Gabriel e São João D'Aliança. De lá, pegue a GO-327 (estrada de terra) em direção a Colinas do Sul e percorra 38 km até o Povoado de São Jorge, onde está a entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 57 | Setembro de 2017