• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Comportamento »

Brasileiro prefere acessar seus emails pela manhã e o Facebook à noite, diz pesquisa

Da redação - Redação Publicação:07/12/2012 15:53Atualização:07/12/2012 16:17

Com assessorias

 

 (Reprodução/ iStock)
A compreensão das motivações que determinam qual é o primeiro e o último canal acessado pelos consumidores brasileiros e os dispositivos utilizados fornece informações valiosas às empresas

Cerca de 46% tem como prioridade acessar o email logo que se conecta pela manhã, enquanto 27% tem o Facebook como primeira tarefa online do dia. Esse foi o resultado de uma pesquisa realizada pela empresa de marketing digital ExactTarget, que analisou os hábitos digitais dos consumidores brasileiros, desde a hora em que se levantam até quando vão dormir e descobriu que acessar o email é a primeira atividade da maioria dos brasileiros ao se conectar à Internet.


Já à noite a situação se inverte: o campeão escolhido pelo brasileiro para encerrar suas atividades online é o Facebook (24%), enquanto o email aparece logo atrás (17%). Compreender onde os consumidores começam e terminam o dia na Internet pode ajudar as empresas a identificarem como e quando o público pode estar mais receptivo às mensagens de marketing, além de auxiliar na elaboração do conteúdo e mensagem de cada campanha.

A pesquisa, que faz parte do relatório “Subscribers, Fans and Followers” da ExactTarget, foi realizada em outros países onde também se observou a mesma tendência, que tem o email como prioridade ao se começar o dia na Internet. No entanto, a concentração de consumidores brasileiros que vão direto à caixa de entrada de email pela manhã (46%) é menor quando comparada a outros países, como Reino Unido (73%), Austrália (71%) e Alemanha (71%).

As redes sociais (incluindo Facebook, Google+, Orkut e Twitter) captam 36% das atividades do consumidor brasileiro on-line pela manhã, seguidas por sites de notícias (7%) e de busca (7%). O Facebook isoladamente representa 27% do percentual total das redes sociais, comparado a 14% no Reino Unido, 17% na Austrália e 13% na Alemanha. Em relação aos dispositivos utilizados para esses primeiros acessos, 77% são feitos através de computador pessoal, 11% pelo computador do trabalho ou da instituição de ensino e 8% via dispositivo móvel.

No período da noite, o comportamento do consumidor brasileiro na Internet é mais diversificado quanto à escolha do canal por meio do qual ele irá fazer o seu último acesso. Embora a popularidade do Facebook (24%) e do email (17%) caiam ao passar do dia, o número de acessos aumenta no Orkut (13%), no Twitter (8%), em sites de entretenimento (15%) e de notícias (11%). Mesmo que 79% dos usuários realizem essa última verificação em seus computadores pessoais, um ponto que merece destaque é que muitos desses últimos acessos são feitos ao final do dia, ainda no trabalho, devido ao acesso ainda restrito à Internet.

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017