• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Economia »

Confiança do consumidor recua em dezembro

À exceção isolada do indicador de endividamento, que cresceu em dezembro, mostrando que o endividamento não aumentou, os outros cinco componentes do INEC registraram queda, segundo a CNI

Da redação com Assessorias - Redação Publicação:21/12/2012 14:18Atualização:21/12/2012 14:40
 (iStock)
Após dois meses consecutivos de crescimento, a confiança do consumidor recuou em dezembro. O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC), divulgado em 20 de dezembro, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), caiu 1,5% em relação a novembro, atingindo 115,2 pontos. Na comparação com dezembro de 2011, porém, o índice cresceu 1,6%.

À exceção do indicador de endividamento, que cresceu 0,7%, com 108,1 pontos, mostrando que o consumidor não aumentou seu endividamento no mês, os outros cinco componentes do INEC registraram variação negativa sobre novembro. O índice de expectativa de inflação assinalou queda de 1,3%, significando que os consumidores estão mais pessimistas sobre a evolução dos preços nos próximos seis meses. Já o recuo do índice de situação financeira foi de 2,3%, o que demonstra avaliação mais negativa dos consumidores sobre suas finanças.

A expectativa de compras de bens de maior valor caiu tanto na comparação com o mês anterior, com menos 1,3%, quanto em relação a dezembro de 2011, com redução de 0,3%, indicando que o aumento das compras desses bens está menos disseminada. A perspectiva da renda pessoal para os próximos seis meses foi negativa em 0,3%, embora tenha crescido 1,6% quando comparada a dezembro de 2011.

O índice de expectativa do desemprego foi o componente do INEC de maior queda, com menos 5,1% comparativamente a novembro. Foi o segundo mês consecutivo de declínio, mostrando que cresceu o temor do desemprego nos próximos seis meses, pois quando este indicador recua cresce o receio do desemprego.

O INEC foi realizado pelo Ibope Inteligência com 2.002 pessoas em 142 municípios entre os dias 6 e 9 de dezembro.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017