• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Segurança »

GDF vai instalar 835 câmeras na primeira etapa

Governo liberou R$ 30 milhões para os equipamentos que vão auxiliar na segurança e na regulação do trânsito

Agência Brasília - Redação Publicação:15/01/2013 13:48Atualização:15/01/2013 14:24
 ( Roberto Barroso/Agência Brasília/Divulgação)
O GDF liberou R$ 30 milhões para a instalação de 2 mil câmeras de vídeo para monitoramento em vários pontos do Distrito Federal. De acordo com o governo, o objetivo da medida é fazer controle preventivo, ostensivo e repressivo da ação de criminosos, além de acompanhar o andamento do trânsito. Os equipamentos terão capacidade de aproximação de imagem 35 vezes maior do que as câmeras convencionais. Isso facilitará o reconhecimento facial e até a identificação das placas de veículos que tenham sido furtados.

O acompanhamento das imagens registradas pelos novos equipamentos será feito por uma quantidade menor de pessoas. "Hoje, um policial é responsável pelo monitoramento de oito câmeras. Com o novo sistema, um militar poderá acompanhar 64 aparelhos", destaca o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar.

A iniciativa do GDF, sob responsabilidade da Secretaria de Segurança Pública do DF, está dividida em três etapas. Na primeira, os R$ 30 milhões liberados hoje serão utilizados na aquisição de 835 câmeras. A secretaria estima que 600 equipamentos estejam em funcionamento até a Copa das Confederações, em junho de 2013.

A segunda fase do projeto contemplará áreas que ainda não têm tecnologia de fibra ótica. Nesses locais, com apoio do governo federal, serão instaladas 765 câmeras. Na terceira etapa, serão colocados mais 400 aparelhos. Eles poderão monitorar, por exemplo, locais de entrada e saída de veículos e pessoas.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017