• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Educação »

Aprendendo pela internet

Salman Khan vem ao Brasil firmar parceria para exibição de suas videoaulas para alunos de ensino fundamental

Mariana Tokarnia - Agência Brasil - Redação Publicação:17/01/2013 14:10Atualização:17/01/2013 14:50
O professor Khan já disponibiliza mais de 3,8 mil videoaulas gratuitas no site de seu instituto sem fins lucrativos (José Cruz/ABr/Divulgação)
O professor Khan já disponibiliza mais de 3,8 mil videoaulas gratuitas no site de seu instituto sem fins lucrativos
A presidenta Dilma Rousseff recebeu o professor norte-americano Salman Khan, fundador de instituto que leva seu nome, e que cria videoaulas gratuitas disponibilizadas na internet – já são mais de 3,8 mil. Segundo informou o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, ela convidou o educador a vir ao Brasil para firmar uma parceria na realização de pesquisas pedagógicas. O foco principal seria os anos iniciais da educação básica.

De acordo com Mercadante, a faixa etária recebe atenção especial do governo com o Pacto Nacional pela Educação na Idade Certa, acordo formal assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados e municípios para a alfabetização até os 8 anos de idade. “A presidenta apresentou para Khan o pacto. Nada acontece se as pessoas não souberem ler e escrever. Temos grande potencial de uma parceria onde Khan está convidado a estabelecer participação conjunta para a alfabetização dessa faixa etária”.

O ministro afirmou que foi reforçada também a parceria com a Fundação Lemann, responsável pela tradução dos vídeos de Khan e divulgação em 200 escolas no estado São Paulo. A intenção do ministério é levar os vídeos aos professores de escolas públicas em todo o país. Os vídeos apresentam de forma didática conteúdos de física, química, matemática e biologia. De acordo com o ministro, são áreas de deficiência de conhecimento. A intenção é que os vídeos sejam apresentados aos professores para que eles possam melhorar as aulas e, se quiserem, mostrar os vídeos aos alunos.

Os vídeos produzidos pela Khan Academy são gratuitos e possuem mais de 6 milhões de acessos mensais. As aulas tratam de diversos assuntos. Além de matemática, física, química e biologia, foram gravadas aulas sobre história e história da arte, ciências da computação e economia. Os vídeos foram traduzidos em dez idiomas, entre eles o português e podem ser acessados no Portal do Professor, no site do Ministério da Educação.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017