• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Investimento »

Parceria deve melhorar estrutura de hospitais universitários

UnB, UFMA e UFTM firmam parceria com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares para reestruturação de seus hospitais

Da redação com Ministério da Educação - Redação Publicação:22/01/2013 14:13Atualização:22/01/2013 14:18
Com a parceria, a UnB poderá oferecer melhor atendimento em seu hospital universitário (Luiz Filipe Barcelos/UnB/Divulgação)
Com a parceria, a UnB poderá oferecer melhor atendimento em seu hospital universitário
A Universidade de Brasília (UnB) e as universidades federais do Maranhão (UFMA) e do Triângulo Mineiro (UFTM) firmaram contrato de parceria com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) para a administração dos respectivos hospitais universitários. A partir da assinatura do contrato, tem início a implantação de plano de reestruturação de cada hospital, a ser executado de forma conjunta entre universidade e empresa.

O plano prevê a adoção de medidas para a recuperação da infraestrutura física e tecnológica e a recomposição do quadro de pessoal, um dos principais desafios da rede. Para a contratação de profissionais serão realizados concursos públicos e processos seletivos. Um dos principais objetivos é a reativação de leitos, hoje desativados em decorrência da falta de pessoal.

De acordo com o presidente da Ebserh, José Rubens Rebelatto, o trabalho com a empresa dará aos hospitais da rede condições de prestar assistência de excelência no atendimento às necessidades de saúde da população. “Além disso, os hospitais devem ter condições adequadas para a geração de conhecimento e formação dos profissionais dos diversos cursos das universidades a que pertencem”, destacou.

Os hospitais universitários administrados a partir da parceria com a empresa continuam subordinados academicamente às universidades. A prestação de serviços de assistência à saúde permanece integralmente no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Além das três universidades, outras 14 instituições federais de educação superior manifestaram adesão à empresa e assinarão os contratos nos próximos meses. A Universidade Federal do Piauí (UFPI) assinou o contrato em agosto do ano passado, o que permitiu o início do funcionamento do hospital-escola da instituição.

A Ebserh, empresa pública vinculada ao Ministério da Educação, foi criada em 2011 para modernizar a gestão dos hospitais universitários federais. Desde então, coordena o Programa de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), criado em 2010.

Capital - O Hospital Universitário de Brasília (HUB), inaugurado em 1972 e cedido à UnB em 1994, reúne oito unidades hospitalares e tem, em fase de construção, o Instituto da Criança e do Adolescente. Funciona com 291 leitos e conta com unidades de terapia intensiva para adultos e neonatal. É também campo de prática para profissionais de 31 programas de residência médica e 12 de residência multiprofissional.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017