• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Tecnologia »

Tecnologia 4G vem aí

Governo publica autorização para que operadoras iniciem transmissão na nova tecnologia de telefonia celular

Agência Brasil - Redação Da redação - Redação Publicação:07/02/2013 14:22Atualização:07/02/2013 14:58
Sabrina Craide

Torre de celular para tecnologia 4G já usada nos EUA (4G Americas/Divulgação)
Torre de celular para tecnologia
4G já usada nos EUA
O Ministério das Comunicações autorizou nesta quinta-feira a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a iniciar os procedimentos administrativos para a destinação da faixa de 700 mega-hertz (MHz) para a telefonia de quarta geração (4G). Atualmente, essa faixa é ocupada por emissoras de televisão analógicas, que precisam digitalizar sua transmissão antes de desocupar o espectro.

A portaria determina que a Anatel promova a digitalização dos serviços de televisão e acelere a cobertura de grandes regiões, zonas de periferia urbana e áreas remotas com banda larga móvel de quarta geração. A agência também deve observar a eventual necessidade de disponibilizar outra faixa de frequência para os serviços de televisão e garantir que não haja interferências causadas pelo uso da internet móvel nos serviços de radiodifusão.

Na portaria, o governo considera a necessidade de expansão da infraestrutura dos serviços de telecomunicações e de radiodifusão no país, além da importância de promover a redução do custo e a ampliação do acesso à banda larga e a aceleração do uso e da cobertura do sistema de televisão digital.

Após a desocupação da faixa de 700 MHz pelas emissoras de televisão, haverá uma licitação para destinar o espectro a operadoras interessadas em oferecer o 4G. Em junho do ano passado, o governo já licitou a faixa de 2,5 giga-hertz, também para a oferta de 4G.

Prazo

Em acordo assinado em novembro passado entre o governo e a Anatel, até 30 de abril de 2013, a cobertura 4G deverá estar disponível nas cidades de Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife e Salvador, que sediarão a Copa das Confederações em junho do mesmo ano.

O Brasil será o primeiro País da América Latina a implantar uma plataforma de quarta geração da telefonia móvel, o serviço 4G. O uso da nova plataforma será com as quatro das principais operadoras brasileiras de telefonia móvel: Vivo, Claro, TIM e Oi.

Com a assinatura, começa a contar o prazo de seis meses para que as operadoras lancem ofertas comerciais de quarta geração. O investimento previsto pelas empresas é de R$ 4 bilhões nos próximos dois anos, graças à obrigação de conteúdo nacional nas novas redes.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017