• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Copa 2014 »

Parreira aprova Estádio Nacional e CT dos Bombeiros

No programa Momento da Copa desta semana, o coordenador técnico da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira, reconhece as boas condições do Estádio Nacional e do Centro de Treinamento dos Bombeiros

Agência Brasília - Redação Publicação:21/02/2013 14:35Atualização:21/02/2013 14:38
Parreira (esq.) observa as instalações do estádio (Agência Brasília)
Parreira (esq.) observa as instalações do estádio
A Seleção Brasileira chega a Brasília no dia 12 de junho e fará dois treinos na capital antes de enfrentar o Japão na abertura da Copa das Confederações. Já estão confirmados os locais de treino da equipe canarinho: o Centro de Treinamento dos Bombeiros e o Estádio Nacional. No Momento da Copa desta quinta-feira, o coordenador técnico da Seleção, Carlos Alberto Parreira, elogia as instalações.

No programa de rádio semanal, Parreira afirma que os espaços estão em ótimas condições e à altura da Seleção Brasileira. O Centro de Treinamento dos Bombeiros foi projetado obedecendo padrões internacionais de qualidade. É um dos mais modernos do país e oferece segurança e facilidade de acesso. Tem área de 35 mil m² com pista de atletismo, academia, piscina olímpica coberta, ginásio de esportes, campo de futebol gramado, vestiários, quadra de vôlei de areia, salas para treinamento e laboratórios. "As instalações são boas. Agradaram plenamente", ressalta Parreira.

O coordenador técnico e a comitiva da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também visitaram o hotel onde os jogadores brasileiros se hospedarão . O local fica a 16km do Centro de Treinamento e a 10km do Estádio Nacional.

Premiére

O Brasil estreia contra o Japão no dia 15 de junho, em Brasília, na abertura da Copa das Confederações. Os ingressos para esse jogo já se esgotaram.

Programa

O Momento da Copa é produzido pela Secretaria de Estado de Comunicação Social (Secom-DF) e detalha todos os preparativos de Brasília para receber a abertura da Copa das Confederações e os sete jogos da Copa do Mundo de 2014.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017