• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cidade »

Diplomatas de 30 países visitam o Estádio Nacional de Brasília

Representantes estrangeiros conheceram aspectos arquitetônicos, urbanísticos e sustentáveis da arena e seu entorno

Agência Brasília - Redação Publicação:26/03/2013 14:20Atualização:26/03/2013 14:23
 ( Foto: Mary Leal)
As obras do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha receberam, nessa segunda-feira, a visita de 34 representantes de 30 embaixadas. A apresentação da nova arena aos diplomatas estrangeiros foi uma iniciativa da Coordenação Geral de Intercâmbio e Cooperação Esportiva (CGCE), do Ministério das Relações Exteriores, com apoio do Governo do Distrito federal (GDF).

A visita, acompanhada pelo secretário de Esportes, Julio Cesar Ribeiro, teve início com a apresentação, a diplomatas de países como Arábia Saudita, Estados Unidos, Coreia do Sul, China, Equador, Alemanha, Bélgica, Bielorússia e Camarões, da maquete da arena e de um filme sobre o projeto arquitetônico e sustentável do novo espaço.

As intervenções urbanas previstas no entorno da obra também mereceram destaque na apresentação, assim como a localização privilegiada do estádio, a menos de 1km do futuro Centro de Mídia e de 2km dos setores Hoteleiro e Hospitalar.

Em seguida, a comitiva conheceu as instalações da Ecoarena. Das arquibancadas, os diplomatas observaram, entre outras intervenções, o posicionamento das estruturas que receberão o placar e as instalações finais da cobertura do estádio, cuja inauguração está prevista para o próximo dia 21 de abril, quando Brasília comemora 53 anos.

"A importância dessa visita é dar aos diplomatas estrangeiros a chance de conhecer o Estádio Nacional e de ter uma visão mais concreta da obra. Assim, eles podem melhor informar seus governos sobre os preparativos de Brasília para a realização dos megaeventos que estão previstos na cidade", explicou o secretário da CGCE, Ricardo Dascal. Segundo ele, diplomatas de outras missões sediadas em Brasília também serão contemplados com visitas às obras do estádio.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017