• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Economia »

Produção de alumínio primário é de 339,3 mil toneladas

Queda acumulada no ano atinge 6,8%

Da redação com Assessorias - Redação Publicação:25/04/2013 17:10Atualização:25/04/2013 18:05

 (Juliana Santos/DB/D.A Press)
 

A Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) divulga a produção de alumínio primário no primeiro trimestre de 2013. Segundo a entidade, a produção no período somou 339,3 mil toneladas, o que indica uma queda de 6,8% em relação ao volume de 364,1 mil toneladas produzido no mesmo período do ano anterior.

A queda reflete o esforço das plantas de alumínio primário para administrarem suas operações, uma vez que a anunciada desoneração da energia elétrica, apesar de representar um avanço, ainda não atingiu um patamar que resgate os custos operacionais competitivos, sobretudo para os produtores supridos pelo mercado livre.

Assim, a fim de evitar o desligamento definitivo de suas operações, as empresas estão antecipando a programação de manutenção de fornos e promovendo ajustes técnicos em suas instalações.

De toda forma, o setor está garantindo o suprimento doméstico, destinando ao mercado interno parte do volume que seria exportado. No período janeiro-março de 2013 as exportações de alumínio primário e ligas recuaram 10,3%, passando de 141 mil toneladas para 126,4 mil toneladas.

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017