• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cidade »

Plano urbanístico proposto para Brasília causa polêmica em Plenário

Agência Senado - Redação Publicação:11/11/2013 16:54

Vista da 901 Norte, na pista norte paralela ao Eixo Monumental, a quadra que recebeu nova estratégia de ocupação que respeite o Plano de Preservação do Conjunto Urbanítico de Brasília - PPCUB.  (Ed Alves/CB/D.A Press)
Vista da 901 Norte, na pista norte paralela ao Eixo Monumental, a quadra que recebeu nova estratégia de ocupação que respeite o Plano de Preservação do Conjunto Urbanítico de Brasília - PPCUB.
 

Os senadores Cristovam Buarque (PDT-DF) e Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) fizeram em Plenário, nesta sexta-feira (8), pronunciamentos com fortes críticas ao Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília, conhecido pela sigla PPCUB.


Em discussão na Câmara Legislativa do Distrito Federal, para a qual foi encaminhado pelo governador Agnelo Queiroz, o plano estabelece novas áreas para a construção de prédios comerciais, inclusive no Eixo Monumental, uma das principais vias de Brasília, hoje restrita ao funcionamento de órgãos públicos.

 

Entre outras coisas, o PPCUB permite a divisão de lotes e a transformação de clubes sociais em hotéis.
Na opinião de Rollemberg, o projeto foi concebido para satisfazer os interesses dos especuladores imobiliários. Ele apelou à presidente Dilma Rousseff para que intervenha no debate da questão e evite um “escândalo nacional”.


Cristovam acredita que “está havendo um ato de profunda corrupção nas prioridades”, que poderá “deformar o traçado urbanístico de Brasília” e coloca em risco o título de Patrimônio Histórico da Humanidade que a cidade recebeu da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura).

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017