• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Encontro Gastrô 2013 »

Um encontro de sabores

Edição especial da revista mensal do Correio Braziliense traz os melhores estabelecimentos e profissionais do ramo gastronômico na cidade

Jéssica Germano - Redação Publicação:05/12/2013 17:26Atualização:05/12/2013 18:48

 (Minervino Junior e Raimundo Sampaio/ Encontro/ DA Press)
 

Para brindar e consolidar o primeiro ano de circulação da revista Encontro Brasília na capital, a publicação lançou no último final de semana uma edição especial voltada para os temperos, receitas e aromas do cenário gastronômico brasiliense. Já com uma trajetória de 11 anos sucesso em Minas Gerais, o projeto contou com a avaliação de 50 jurados e mais de 80 mil votos na internet para eleger o melhor da cidade no ano de 2013.


Com matérias voltadas para a história, o comportamento e as tendências da cena culinária em Brasília, a revista convida para uma leitura que dá água na boca do começo ao fim. Em meio às fotos de produção exclusiva para a edição e textos apurados para contar o histórico de cada vencedor, a Encontro Gastrô Brasília oferece um guia com 700 endereços de estabelecimentos que fazem do quadrado sem esquinas um cerrado de destaque nacional. Entre 37 categorias, os leitores podem ver ainda o resultado popular dos eleitos pela internet, o júri convidado para dar seu voto e entender a razão da equipe editorial em escolher pessoas não especializadas na área gastronômica, para assim, captar a percepção de frequentadores comuns dos serviços que a cidade oferece.


“Nossa preocupação não é a de apresentar revistas gordas por si só, mas, sim, a de produzir um conteúdo que realmente faça a diferença e que acrescente na vida dos brasilienses e dos que passam por esta cidade”, avisa o diretor e editor da Encontro Brasília, André Lamounier, sobre o conteúdo das 228 páginas.


Satisfeito e, ao mesmo tempo surpreso com a dimensão alcançada pela publicação ainda no período de votação pelo site da revista – a quantidade de votos é um recorde na cidade –, o jornalista tem consciência da responsabilidade da edição. “É este o maior mérito desta Encontro Gastrô: produzir matérias, guias, rankings com a seriedade e credibilidade das empresas que trazem a marca dos Diários Associados”.


Resultado de um trabalho de quatro meses, com um quadro de quase 20 profissionais, entre repórteres, fotógrafos, editores e diagramadores, a revista chega com uma tiragem de 57 mil exemplares e fica em circulação pelo período de seis meses ou até acabar sua disponibilidade nas bancas distribuídas.


Entre os destaques do especial estão o consagrado chef e professor Francisco Ansiliero, a frente do renomado Dom Francisco, e Rodrigo Cabral, sócio-proprietário e responsável pelas concepções gastronômicas do Ares do Brasil. Juntos, os dois reuniram os títulos de melhor chef, melhor chef revelação e melhor restaurante revelação de Brasília, respectivamente. Para o duplo vencedor, a repercussão da publicação já pode ser vista, inclusive nos pedidos dos pratos (leia mais no quadro ao lado), e estimula a cena gastronômica da capital. “A gente tem que estar cada vez buscando mais”, acredita Cabral, reconhecendo o trabalho que conquistas do tipo demandam. “Mas, sem dúvida, tem a sensação de dever cumprido. Com gostinho de quero mais”, resume o sentimento pelos resultados, com um sorriso.

Como comprar


A Encontro Gastrô Brasília é vendida nas principais bancas da cidade, ao valor de R$10. Com periodicidade anual, ela tem circulação por seis meses ou até durarem os estoques.


Ex-professor do ensino médio, Francisco Ansiliero instruiu muitos brasilienses a apreciar a alta gastronomia. Na foto, ele segura um exemplar de bacalhau, sua especialidade  (Gustavo Moreno / CB / DA Press)
Ex-professor do ensino médio, Francisco
Ansiliero instruiu muitos brasilienses a
apreciar a alta gastronomia. Na foto,
ele segura um exemplar de bacalhau,
sua especialidade
Três perguntas para Fransico Ansiliero, do Dom Francisco


- O senhor foi eleito como melhor chef da cidade. Depois de 25 de Dom Francisco e dezenas de prêmios, qual a sensação de ganhar um diretamente vinculado ao seu trabalho em uma cidade com cada vez mais restaurantes e chefs bem qualificados?


R: Eu acho que é gratificante e repercutiu muito. Muitos clientes ligaram, vieram aqui, falaram que gostaram muito do material. O pessoal disse que era justo. É uma sensação de que, como foi uma trajetória longa, difícil, valeu a pena. São 25 anos que os clientes me conhecem trabalhando efetivamente. Eu acho que isso que é importante. Você sabe que, mesmo com outros restaurantes abrindo, os clientes reservam um cantinho especial para frequentar o Dom Francisco.

- Com um restaurante já considerado um clássico de Brasília e com uma adega premiadíssima, a satisfação de ter resultados como esse muda ao longo do tempo?

R: Sempre que você é reportado por uma coisa que deu certo, que produz resultado e as pessoas gostam, direciona a gente à sensação de dever cumprido. Não existe um momento em que você para de ter prazer em comemorar resultados. A idade pode vir, você pode reduzir certos ritmos, mas continua com a inteligência lúcida para sentir-se bem e dar continuidade aos prêmios e à valorização positiva dos clientes. Isso, para mim, nesses últimos anos com muitas menções e matérias, foi, eu diria, quase uma coroação. Realmente é muito gratificante, depois de 25 anos, juntar isso tudo.

- Uma publicação e um prêmio como este inspiram, de alguma forma, a continuar nessa jornada gastronômica?


R: Inspiram. Esses dias eu estava conversando com os funcionários, a avaliação do cliente, a manifestação dele, é um dos nossos maiores pontos de inspiração e de desafio. O fato de a gente ter um reconhecimento, uma homenagem, muitas vezes, acima de fato daquilo que a gente fez, estimula a gente a ficar vigilante para continuar no caminho certo e com qualidade. Você não fica 25 anos, se você não tem um padrão de qualidade. Nesse sentido, o material foi perspicaz, porque a revista percebeu e captou a mensagem do público sobre a trajetória do Dom Francisco.


À frente do Ares do Brasil, eleito o Restaurante Revelação do ano, o chef Rodrigo Cabral esbanja talento, simpatia e bom humor (Minervino Júnior / Encontro / DA Press)
À frente do Ares do Brasil, eleito
o Restaurante Revelação do ano, o
chef Rodrigo Cabral esbanja
talento, simpatia e bom humor
Três perguntas para Rodrigo Cabral, do Ares do Brasil


- Seu nome foi eleito tanto pelos jurados quanto pelo júri popular na internet como chef revelação. O que acha que o destacou em uma categoria em que chefs de significativos restaurantes da cidade também participavam?


R: Eu acho que a proposta que a gente trouxe na nossa cozinha em 2013, foi diferente do que a gente tinha em Brasília. Então eu acho que esse desafio de trabalhar a cozinha brasileira com o toque contemporâneo foi o que deu o grande destaque pra gente chegar nesses dois prêmios. E eu acho que é um desafio bacana porque, você imaginar que Brasília, com 52 anos, não tem nenhum restaurante de comida brasileira como o nosso, é um desafio e uma responsabilidade um tanto quanto grandes em relação à cozinha.

- Os resultados eram esperados?


R: Na verdade, a gente sempre torce pra ter os prêmios e ter esse reconhecimento público, mas foi uma grande surpresa. Tanto os dois prêmios, quanto a capa. Essa pra mim, sem dúvidas, foi uma das partes mais bacanas. O reconhecimento de você ter um prato seu colocado na capa de uma revista importante como a Encontro Gastrô vale tanto quanto os outros prêmios. E, sem dúvidas, foi um grande privilégio para mim.

- Essa é foi a primeira edição da Encontro Gastrô Brasília. Assim como o Ares, acha que a publicação deve contribuir pro cenário gastronômico da cidade?


R: Sem dúvidas ela vai contribuir bastante. Eu tive, durante esse final de semana, várias pessoas me mandando foto da capa, me mandando mensagem de parabéns pelos prêmios e tive muita procura pelo prato que está lá. Então, sem dúvida, é uma publicação importante que vai contribuir muito para o nosso cenário.

 

Clique para ver a lista da Votação
Clique para ver a lista da Votação

Clique para ver os vencedores da categoria Lanches e Guloseimas
Clique para ver os vencedores da categoria Lanches e Guloseimas

Clique para ver os vencedores da categoria Melhores Profissionais
Clique para ver os vencedores da categoria Melhores Profissionais

Clique para ver os vencedores da categoria Restaurantes Alta Gastronomia
Clique para ver os vencedores da categoria Restaurantes Alta Gastronomia

Clique para ver os vencedores da categoria Restaurantes Boa Mesa
Clique para ver os vencedores da categoria Restaurantes Boa Mesa

Clique para ver os vencedores da categoria Sabores Regionais
Clique para ver os vencedores da categoria Sabores Regionais
 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017