• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Saúde »

Mamães gestantes devem se exercitar

Controle dos níveis de glicemia, alívio dos desconfortos musculares e relaxamento estão entre os principais benefícios para a gestante que pratica exercício físico

Da redação com Assessorias - Redação Publicação:07/02/2014 16:42Atualização:07/02/2014 16:47

Após a liberação da obstetra, a mãe deve manter uma atividade física moderada, sem impacto e sem riscos de queda (Divulgação)
Após a liberação da obstetra, a mãe deve manter uma atividade física moderada, sem impacto e sem riscos de queda
 

A prática de exercícios físicos, com a devida orientação de um profissional de Educação Física, e realizada de forma segura, provoca diversos benefícios na saúde, no bem-estar e na qualidade de vida de um indivíduo, em todas as fases da vida. Mas, durante a gestação, algumas mamães deixam de lado o hábito de se exercitar por falta de apoio ou de programas específicos que as incentivem a continuar com a prática.

Segundo a coordenadora do Programa Gestante, da Unique Fitness, Ana Flávia Rangel, as gestantes que se exercitam podem usufruir de inúmeros benefícios, não somente para a saúde delas, mas também para os bebês. “Durante a gestação, as mamães sofrem diversas alterações hormonais e posturais. Com os exercícios físicos, elas sentirão mais dispostas e ativas até o momento do parto, além de ajudá-las na recuperação pós-parto”, explica.

No caso dos exercícios aquáticos, por exemplo, Ana Flávia explica que a prática melhora a circulação sanguínea da mãe e ainda ajuda na saúde do filho. “As mães que praticam exercícios aquáticos também fazem com que o bebê receba uma quantidade maior de oxigênio e de nutrientes”, conta.

Segundo Flávia, as modalidades mais recomendadas para a prática de atividades físicas, durante a gestação, são: hidroginástica, alongamento, ioga e natação. Os benefícios vão desde a manutenção da capacidade aeróbica, a controle de níveis de glicemia.

Respeite o limite

 

Como todo aluno, as gestantes também devem tomar cuidado para não exagerar nas atividades físicas. “O principal cuidado que elas devem tomar é justamente à intensidade dos exercícios. Após a liberação da obstetra, a mãe deve manter uma atividade física moderada, sem impacto e sem riscos de queda, além de evitar a sobrecarga da coluna vertebral, causando frouxidão dos ligamentos e aumentando os riscos de lesões”, explica a profissional de Educação Física.

Para tomar esses cuidados, a equipe do Programa Gestante possui profissionais altamente qualificados e preparados para orientar as mamães com toda segurança na prática de exercícios físicos.

“Mesmo após o parto, as mamães continuam zelando pela saúde e bem-estar delas e dos bebês através do programa ‘Pós Parto’, sempre com a devida autorização do obstetra”, explica a coordenadora Ana Flávia. No Programa Pós-Parto, as mamães voltam para a academia, com seus bebês, e participam de aulas de ginástica, psicomotricidade, musicalização e natação, tudo com a devida segurança do ambiente e dos profissionais.

“O Programa Gestante e o Pós-Parto Unique sustentam a premissa de que toda mãe merece um cuidado especial nessa fase tão importante da vida. Por isso, realizamos um trabalho de qualidade e acompanhamento minucioso, nossos diferenciais no mercado”, finaliza Ana.

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017