..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Solidariedade »

Fundação Hemocentro reforça necessidade de doar sangue

Voluntários devem procurar o Hemocentro de Brasília. Atendimento pode ser agendado

Agência Brasília - Redação Publicação:08/08/2014 10:01Atualização:08/08/2014 10:13
Doar não oferece risco à saúde do voluntário (Pedro Ventura / Arquivo Agência Brasília)
Doar não oferece risco à saúde do voluntário
O Hemocentro de Brasília está com estoques baixos, por isso, faz um apelo à população para que doem sangue. O ato de doar sangue não leva mais que dez minutos e acontece após consulta com médicos especializados que vão dizer se você está apto ou não para doar. No Hemocentro de Brasília todo o processo dura em média 50 minutos.. A medula repõe o sangue retirado em até 2 meses nos homens e em 3 meses nas mulheres. Cada bolsa de sangue, com 400 ml, é capaz de salvar até quatro vidas, sejam elas vítimas de acidentes, transplantados e pacientes com problemas de coagulação.

O Hemocentro de Brasília é responsável pela coleta e distribuição de sangue e hemocomponentes para toda a rede pública de saúde, além de alguns hospitais conveniados/contratados, como os hospitais da Criança,  Universitário e de Santa Marta.

Quem quiser doar sangue deve procurar a Fundação Hemocentro de Brasília, localizada no Setor Médico Hospitalar Norte, Quadra 03, Conjunto A, Bloco 03 - Asa Norte, ou em coletas realizadas em instituições parceiras do Hemocentro. É possível ainda agendar o atendimento por meio do Núcleo de Captação, nos telefones 3327-4413 ou 160, opção 2.

 
Para doar sangue, o doador deve:

- levar documento oficial de identidade com foto;
- estar bem de saúde;
- ter entre 16 e 69 anos (para quem tem entre 16 e 18 anos incompletos, apenas com consentimento formal dos responsáveis);
- pesar mais de 50 Kg;
- não estar em jejum; evitar apenas alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação.

Intervalos para doação:

- Homens: 60 dias (até 4 doações por ano)
- Mulheres: 90 dias (até 3 doações por ano)

Mais informações no site da Fundação Hemocentro de Brasília.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017