..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Saúde »

Dietas sem glúten para emagrecer não são recomendadas, segundo especialista

Comprar alimentos sem a substância virou rotina nos supermercados, mas será que faz esse mal todo?

Fernanda Nazaré - Redação Publicação:09/10/2014 09:00Atualização:09/10/2014 09:55
Os alimentos que mais contem glúten são os que levam farinha de trigo como bolos, pizzas, tortas, bebidas a base de cevada e malte, catchup, mostarda e maionese
Os alimentos que mais contem glúten são os que levam farinha de trigo como bolos, pizzas, tortas, bebidas a base de cevada e malte, catchup, mostarda e maionese
Diagnosticadas como celíacas, ou intolerante ao glúten, celebridades como Ísis Valverde, Gwyneth Paltrow e Miley Cyrus já declararam ao mundo sua aversão a essa substância, que é uma proteína encontrada na semente de cereais responsável pela viscoelasticidade da massa. Mas, o glúten também se tornou um vilão para quem quer emagrecer.

O nutricionista Wanderson Pedras alerta que retirar os alimentos que contém glúten da dieta pode não ser uma atitude saudável. “Se você não é intolerante não existe razão para retirá-la da sua dieta. Muitos desses alimentos que possuem esta proteína são ricos em ferro, fibras vitaminas e aminoácidos essenciais”, completa.

Segundo o nutricionista, deve-se observar se há desconforto na digestão desses alimentos como diarréia, náuseas, dores de cabeça, irritabilidade, cansaço excessivo, produção de gases e, no caso das crianças, um atraso no crescimento. Pois, existem pessoas com sensibilidade ao glúten, mas que não são celíacas – quando se tem a intolerância. Diversos boatos surgem na internet afirmando que o consumo do glúten pode afetar a função cerebral. “A ingestão de proteínas do trigo, centeio, aveia, cevada ou trigo não afetaria o cérebro de pessoas que não possuem nenhum tipo de intolerância a glúten, mas existem relatos de transtornos neuropsiquiátricos e autismo em pacientes com sensibilidade ao glúten. Os que não são doentes celíacos, apenas relatam alguns desconfortos com a ingestão do mesmo” esclarece o nutricionista.

Chocolate sem glúten

O mercado de chocolates em Belo Horizonte ganhou uma novidade para quem não pode comer glúten. Uma das mais tradicionais lojas de chocolate de Gramado (RS), a Lugano, abriu loja na Savassi e aposta nos produtos com chocolate puro – sem glúten – como diferencial.  De acordo com a diretora do empreendimento, Fernanda Trevisan, muitas mães gostam de comprar para os filhos o pirulito de chocolate sem lactose. "Os celíacos costumam comer o chocolate de soja e, quando provam o chocolate puro, eles notam a diferença e retornam”, afirma Trevisan.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017