..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Serviço »

É hora de pensar na revisão do carro

A correria de final de ano é grande, mas é importante não deixar para a última hora o planejamento da viagem de férias, especialmente quem for pegar estrada

Da redação - Redação Publicação:05/12/2014 12:00Atualização:05/12/2014 13:39

 (Reprodução)
Toda viagem tranquila requer cuidados especiais. Para quem planeja se locomover de carro, checar itens de segurança como pneus, direção, óleo, freios e suspensão é essencial: diminui o risco de acidentes, claro, e evita também prejuízos e dores de cabeça. Mas além destes, é preciso chegar outros itens. Equipamentos obrigatórios como cintos de segurança, estepe, extintor de incêndio e limpador de para-brisa (peça fundamental nesses dias de chuva) são igualmente importantes para entrar na revisão.


Outra dica interessante é ficar de olho em novos produtos e serviços que estão sendo lançados no mercado e que podem melhorar a vida do motorista. É o caso da aplicação de silicone especial na parte externa do vidro. “Além de garantir melhor visibilidade em dias chuvosos, com o produto, a vida útil da borracha da palheta aumenta sensivelmente, já que ela deslizará com mais facilidade sobre a superfície siliconada”, explica Carlos Cavalcante, proprietário da Station Car em Brasília, empresa especializada em estética, manutenção e produtos automotivos.


 (Reprodução)
O ar-condicionado também não costuma receber a atenção ideal. Mas, na estrada, com velocidade acima de 80 quilômetros por hora, ele pode até mesmo economizar combustível, já que nessa condição, com os vidros abertos, o carro precisa usar um pouco mais da potência do motor por conta do freio aerodinâmico. No entanto, para isso funcionar é preciso uma boa manutenção do aparelho. “É importante ficar atento ao filtro do ar-condicionado. Se ele estiver sujo, o gasto com combustível pode ser maior porque o equipamento tem que trabalhar mais na tentativa de obstruir a passagem do ar. Além disso, sem correta manutenção, aumenta a ocorrência de fungos e ácaros, podendo provocar doenças respiratórias”, destaca Carlos. Ar-condicionado sem limpeza adequada pode causar hipersensibilidade, principalmente entre crianças e idosos, devido ao contato com o pó e mofo, proporcionando o surgimento de reações como alergia, tosse e falta de ar.

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017