..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cultura | Cinema »

Campanha estimula o consumo do audiovisual brasileiro

Ação está sendo veiculada na TV aberta e conta com atores conceituados do cinema nacional

Agência Brasil - Redação Publicação:09/12/2014 09:17Atualização:09/12/2014 09:29
Patricia Pillar, Matheus Nachtergaele, Cauã Reymond e Deborah Secco participam da campanha (Divulgação)
Patricia Pillar, Matheus Nachtergaele, Cauã
Reymond e Deborah Secco participam da
campanha
Já está sendo veiculada nas emissoras de TV de sinal aberto a campanha publicitária "Audiovisual brasileiro. Grande como o Brasil", lançada pela Agência Nacional do Cinema (Ancine). A campanha, que terá inserções também nos canais por assinatura, nas salas de cinema, no rádio, na mídia impressa e na internet, inclusive nas redes sociais, busca incentivar o consumo de conteúdos audiovisuais brasileiros nas mais diversas telas. As mensagens terminam sempre com a frase “Assista, recomende, valorize o que é seu”.

Estrelada pelos atores Patricia Pillar, Cauã Reymond, Matheus Nachtergaele e Deborah Secco, a principal peça da campanha é um filme de um minuto, dirigido por Clóvis Mello.  Nele, os atores conversam nos bastidores de um set de filmagem sobre a paixão pela profissão e comentam o bom momento da produção audiovisual do país.

De acordo com a Ancine, de janeiro até o final de novembro, mais de 100 novos filmes nacionais chegaram às salas de exibição, sem falar na presença cada vez mais forte do conteúdo audiovisual brasileiro nas telas de TV. Em grande parte, isso se deve à entrada em vigor, em 2011, da Lei da TV Paga, que quadruplicou a participação da produção nacional na TV por assinatura. Atualmente, cerca de 100 canais têm exibido regularmente filmes e séries brasileiras no horário nobre.

O filme 'O Candidato Honesto' teve a maior bilheteria entre os longas nacionais em 2014 (Reprodução)
O filme "O Candidato Honesto" teve a maior bilheteria entre os longas nacionais em 2014
“Nunca se produziram tantas obras, com tamanha diversidade de histórias, gêneros, estilos e formatos para as mais diversas telas”, disse o presidente da Ancine, Manoel Rangel. Segundo ele, o esforço dos artistas e técnicos e os investimentos do governo federal no setor têm contribuído para tornar a produção brasileira mais representativa dos diferentes olhares e sotaques do país. “O audiovisual é um importante elemento da identidade nacional brasileira”, enfatizou.

Em versões de 60, 30 e 15 segundos, os comerciais poderão ser vistos na TV aberta até o próximo dia 25. Nos canais por assinatura, a veiculação será de amanhã (9) até 31 de dezembro, e nas salas de cinema de 19 estados brasileiros a partir do dia 18 e até o final do mês.Nesse mesmo período, a campanha poderá ser vista no canal da Ancine no Youtube, na mídia impressa e no rádio. Já as ações na internet e nas redes sociais continuarão ao longo de 2015.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017