..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

O sono dos pais

Pesquisa aponta que a falta de sono dos pequenos na verdade pode ser problema no sono dos progenitores

Isabelle Luz - Publicação:05/04/2016 17:47Atualização:06/04/2016 17:22
Cem famílias participaram do estudo, que tinha como objetivo analisar sono de pais e filhos (Reprodução/Pixabay)
Cem famílias participaram do estudo, que tinha como objetivo analisar sono de pais e filhos
Não é incomum pais relatarem aos pediatras problemas no sono dos filhos. Uma pesquisa, entretanto, chegou à conclusão de que muitas vezes a confusão está no descanso dos pais.

Uma equipe finlandesa monitorou 100 famílias, com crianças de 2 a 6 anos de idade, utilizando um aparelho semelhante a um monitor cardíaco de corrida, a fim de analisar a quantidade de movimentos na noite, já que este é um dos fatores determinantes para medir a qualidade do sono.

Os resultados mostraram que os pais que dormiam mal tendiam a reportar mais dificuldades no sono dos filhos do que os pais que dormiam bem. E que, na maioria das vezes, não havia nada de errado na frequência de descanso dos filhos. "A única coisa relacionada com problemas de sono nas crianças era o problema no sono dos pais", disse Marko Elovainio, professor de psicologia na Universidade de Helsinki e um dos autores do estudo da AAP (American Academy of Pediatrics).

A ideia de pesquisar a ligação entre sono de pais e filhos surgiu a partir de outra observação: o comportamento de mães em depressão, que tendiam a reclamar com mais frequência do comportamento dos filhos. Isso porque, segundo Jamie Howard, psicólogo no Child Mind Institute, pais estão preocupados fazendo observações externas, porém se esquecem de perguntar aos filhos o que estes sentem.

"É importante conversar com as crianças, a fim de entender o quanto a queixa é delas e o quanto é dos pais", observa Howard,"Muitas crianças são taxadas de ansiosas por seus parentes, mesmo não fazendo parte desse quadro. Então elas ainda têm de lidar com adultos que acreditam que na teoria da ansiedade".  O pesquisador, entretanto, faz uma observação: é melhor pais que observam demais do que os ausentes.
Pesquisa surgiu a partir da observação do comportamento de mães depressivas (Reprodução/Pixabay)
Pesquisa surgiu a partir da observação do comportamento de mães depressivas


COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017