..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Como evitar choque elétrico na época das festas juninas

Os cuidados para prevenir acidentes com a rede de energia devem ser redobrados no mês de junho. Fique atento às dicas

Agência Brasília - Redação Publicação:13/06/2016 09:41
Neste período de festas juninas, os cuidados para evitar acidentes com a rede elétrica devem ser redobrados. A principal recomendação é manter distância dos equipamentos e dos componentes elétricos - seja em poste ou em subestação. Como a época é também de ventos fortes, há quem aproveite o momento para empinar pipa ou soltar balões. Caso fiquem presos aos fios de energia, não tente tirá-los do local. Nesses casos, ligue para a Companhia Energética de Brasília (CEB) por meio do 116.

Fogueiras e bandeirinhas

Outra precaução é evitar que os eventos sejam realizados próximos às instalações da CEB. As fogueiras, em especial, precisam ser montadas longe da rede. "Com o calor, os componentes e isolantes da fiação se derretem e pode ocorrer um curto circuito", explica o gerente de Desenvolvimento, Segurança e Saúde da CEB, José Cezar Nonato.

O técnico orienta ainda a não colocar enfeites, como bandeirinhas, nos postes. "O perigo é de levar um choque de alta tensão. Já tivemos casos de morte por essa razão", conta. Além disso, é proibido fazer ligações clandestinas na rede. "Tem gente que quer colocar lâmpadas ligadas à rede. Não pode. Isso é roubo, inclusive", alerta Nonato.
 (Arte/Agência Brasília)

Óbitos
Choques com a rede elétrica estão entre as principais causas de morte em todo o País. No Distrito Federal, os índices são baixos. Em 2015, foram registrados dois óbitos por esse motivo. Neste ano, ocorreu uma morte, de acordo com a CEB. Não há uma faixa etária mais suscetível às ocorrências. "Qualquer pessoa, não importa de que região administrativa, está sujeita a levar choque", afirma Nonato.

Para evitar danos severos à rede e riscos à população, a CEB mantém equipes de plantão, em todos os dias da semana, para fazer a manutenção da fiação. "Fazemos a limpeza dos cabos, retiramos restos de papel, plástico e demais materiais dos fios. Quando eles se enroscam, podem até não causar problema, mas basta uma chuva para que ocorram os curtos", destaca o gerente de Desenvolvimento, Segurança e Saúde da CEB.

SERVIÇO
Companhia Energética de Brasília (CEB): 116
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017