..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mérito ao samba

Governo homenageia mais de 30 artistas e instituições que contribuíram com o desenvolvimento da cultura brasileira

Isabelle Luz com Agência Brasil - Publicação:08/11/2016 09:56
 (Reprodução/Catraca Livre)
A noite de ontem foi de comemoração à cultura brasileira. A condecoração Ordem do Mérito Cultural, a maior honraria pública oferecida a grandes figuras do setor cultural, é concedida desde 1995 e este ano agraciou 30 artistas e seis instituições que contribuíram com o desenvolvimento cultural brasileiro.

Em celebração ao centenário do samba, a grande protagonista da noite foi Dona Ivone Lara, compositora de sambas-enredos e figura feminina pioneira, já que em sua época, a presença das mulheres em um samba majoritariamente masculino era extremamente complicada.

Dona Ivone Lara, inclusive, esteve presenta na cerimônia, mesmo com a saúde debilitada. Além dela, Clementina de Jesus, Donga, Papete, Ismael Silva, o poeta e escritor Ferreira Gullar e Noel Rosa receberam o grau máximo de grã-Cruz, todos em memória.

Premiação

Na classe cavaleiro, os condecorados foram: Ricardo Cravo Albin, Rildo Hora e Rosa Maria Araújo. Entre os grupos e instituições, receberam a homenagem a Focus Cia. De Dança, a Fundação Darcy Ribeiro, o Grupo Teatro da Laje, o Instituto Ricardo Brennand, o Maracatu Feminino Coração Nazareno e o Museu do Samba.

Já na classe comendador, foram agraciados os seguintes artistas: Abel Gomes, Alcymar Monteiro, Ana Mae Barbosa, Andrucha Waddington, Beatriz Milhazes, Carlinhos de Jesus, Carlos Alberto Serpa de Oliveira, Carlos Vereza, Fernando Meirelles, Fred Gelli, Isaurinha Garcia, Jorge Aragão, Jovelina Pérola Negra, Marcus Faustini, Mauro Mendonça, Neguinho da Beija Flor, Nelson Sargento, Rosa Magalhães, Silas de Oliveira e Vik Muniz.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 57 | Setembro de 2017