..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Chef Lui Veronese estreia canal de vídeos e promete novidades

Já eleito Chef Revelação e responsável pela Melhor Cozinha Contemporânea em 2016, cozinheiro aproveita espaço para manter contato com a clientela enquanto não assume novo restaurante

Jéssica Germano - Redação Publicação:24/04/2017 11:09Atualização:24/04/2017 11:16

Desde que deixou a chefia do Cru – Balcão Criativo no fim do ano passado, Lui Veronese nunca escondeu sua vontade de voltar à cena gastronômica da cidade, especialmente comandando seu próprio projeto. Enquanto isso não acontece, o jovem chef de 28 anos vem alternando sua agenda entre workshops, onde ensina um pouco da cozinha bem elaborada em que se especializou, e consultorias – ele que criou recentemente o menu degustação do La Rúbia Café para as terças-feiras, com foco em ingredientes afrodisíacos.

 (Weivson Andrade/Divulgação)
 

Mas enquanto não assume definitivamente novas caçarolas, Lui apostou em outro projeto: o canal Dois Minutos com o Chef, no ar no Youtube há pouco mais de uma semana. Um dos intuitos, segundo ele, é manter contato com a clientela que conquistou enquanto esteve no Cru e, por que não, atrair novos. “Muitos me procuram até hoje, querendo saber quando eu vou abrir outro restaurante ou entrar em outra cozinha”, conta ele, que promete ter novidades para essas pessoas já em maio. “Daqui duas ou três semanas eu devo anunciar uma boa notícia para o mercado”, instiga o cozinheiro que está em fase final de negociação com o Sallva, do Pontão, até então chefiado por Andréa Munhoz.

 

Com assessoria de imagem e edição de Weivson Andrade, os dois primeiros vídeos postados já entregam um pouco da linguagem escolhida. O primeiro fala resumidamente sobre a formação e carreira do chef, enquanto o último conta o passo a passo de uma das receitas criadas por ele. Ambos sem deixar de lado a veia mais sensorial que o cozinheiro carrega, especialmente nas apresentações.

 (Weivson Andrade/Divulgação)
 

“Desde o começo, sempre tive um apreço por vídeos de comida com um tom mais poético, mais profundo, que tentavam mostrar um lado mais romântico da comida e de todo o processo.” Isso passa a fazer sentido para ele porque o público costuma ver apenas a etapa da criação pronta, deixando subentendido toda a parte que vai da compra de ingredientes até mise en place e cocção. “Ele não sabe dos bastidores nem o quão bonito pode ser o processo que leva até o prato final. E isso, de alguma forma, encanta”, acredita.

 

Para os próximos Lui quer relatar com mais detalhes suas passagens por grandes restaurantes, como os espanhóis El Bulli, de Ferran Adriá, e Arzak, além de ter grandes chances de explorar em uma postagem a viagem que fez para cozinhar na Amazônia ao lado de Alex Atala. “Tudo isso intercalando com vídeos de pratos e comidas, da maneira mais poética possível”, promete.

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017