..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cuidado com a queda no nível de cortisol no organismo

Esse hormônio é essencial para diversas funções do corpo, incluindo a manutenção da pressão arterial

Da redação com Assessorias - Redação Publicação:18/09/2017 12:20

Você sabia que o cortisol, um hormônio esteroide, desempenha papel fundamental no metabolismo das proteínas, dos lipídeos e dos hidratos de carbono? Além disso, ele afeta diretamente os níveis de glicose no sangue, ajuda a manter a pressão arterial e a regular o sistema imunológico. Portanto, se o nível de cortisol no organismo estiver baixo, surgem vários efeitos negativos no corpo, como fadiga, perda do apetite e anemia.

 

Como mostra a dentista e biomédica Cristina Gottieb, da clínica The Dental Spa, para evitar problemas decorrentes da falta desse hormônio, é preciso "um exame detalhado da boca e dos dentes e da coleta salivar para saber se o cortisol está baixo. O hormônio age em diversos órgãos do corpo, por isso, é muito importante na regulação das funções do organismo".

 

"Em mulheres grávidas, o cortisol baixo pode causar dificuldades no desenvolvimento de órgãos do bebê, como pulmões, olhos, pele e cérebro", comenta a especialista. Neste caso, se houver a presença dos sintomas de queda de cortisol durante a gravidez, a mulher deve informar o problema ao obstetra, para que seja feito o diagnóstico e iniciado o tratamento adequado imediatamente.

O nível de cortisol no organismo pode ser medido por meio da análise de sangue, urina ou saliva, sabia? (Pixabay )
O nível de cortisol no organismo pode ser medido por meio da análise de sangue, urina ou saliva, sabia?
 

"A depressão também é um fator desencadeante. A falta de serotonina, que é comum na depressão crônica, leva à redução dos níveis de cortisol. O nível baixo do hormônio pode ser detectado por exames que quantificam sua presença no sangue, na urina e na saliva", afirma Cristina Gottieb.

 

A dentista cita alguns efeitos causados pela redução do cortisol no corpo:

 

Fadiga e falta de energia

 

Falta de apetite

 

Dor nos músculos e articulações

 

Febre baixa

 

Anemia e infecções frequentes

 

Hipoglicemia

 

Pressão baixa

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017