..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cuidado com a Síndrome do Túnel do Carpo

Ações repetitivas com as mãos, como a digitação, são a principal causa do problema entre a mão e o punho

Da redação com Assessorias - Redação Publicação:04/10/2017 15:48

Usados durante o dia quase todo, a mão e o punho apresentam uma variedade de funções e, por serem muito demandados, podem sofrer problemas que afetam a rotina do paciente. Uma doença resultante do trabalho repetitivo desses membros é a Síndrome do Túnel do Carpo, segundo a fisioterapeuta carioca Ana Gil.

 

"A síndrome é sinalizada por dor, dormência e formigamento na mão causado por compressão de um nervo [no canal do carpo] no punho, podendo os sintomas irradiarem também para o antebraço e o braço. Ela é comum em músicos, digitadores, escritores, costureiras e qualquer pessoa que trabalha com atividades manuais e que repetem os mesmos movimentos das mãos e punhos. Digitar em um teclado de computador é provavelmente a causa mais comum desta síndrome", esclarece a especialista.

 

Ana Gil ressalta que a principal causa da Síndrome do Túnel do Carpo é a Doença Ocupacional Relacionada ao Trabalho (DORT), gerada por movimentos repetitivos, como digitar ou tocar instrumentos musicais. Existem também outras causas: traumáticas, provenientes de quedas e fraturas; inflamatórias, como a artrite reumatoide; hormonais, ligadas à gravidez e à menopausa; decorrentes do diabetes mellitus; e geradas por medicamentos. Além disso, alguns tipos de tumores podem levar ao surgimento da síndrome.

Quem digita por muito tempo ou passa os dias tocando instrumentos pode acabar sendo vítima da Síndrome do Túnel do Carpo, que afeta um nervo entre a mão e o punho (Pixabay )
Quem digita por muito tempo ou passa os dias tocando instrumentos pode acabar sendo vítima da Síndrome do Túnel do Carpo, que afeta um nervo entre a mão e o punho
 

A dor na região do punho, normalmente, é pior à noite, podendo ser tão intensa que chega a acordar a pessoa. "Em alguns casos, pode vir associada de irradiação, que chega ao braço e ao ombro. A flexão intensa dos punhos tende a piorar os sintomas de dormência e dor", completa a fisioterapeuta.

 

O tratamento da Síndrome do Túnel do Carpo é feito essencialmente por meio da fisioterapia, podendo incluir repouso, uso de gelo e talas para o punho, injeções de cortisona ou cirurgia. "Exercícios de alongamento terapêutico podem melhorar a flexibilidade e a condição física, restaurando a função e a qualidade de vida", comenta Ana Gil.

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017