..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

60 anos de Brasília vira enredo de escola de samba carioca

Juscelino Kubitschek será representado como um cacique; Lucio Costa e Niemeyer, pajés

Agência Brasília - Redação Publicação:16/07/2019 16:16

A agremiação Unidos de Vila Isabel, do Rio de Janeiro, irá homenagear Brasília no Carnaval de 2020. O enredo da escola de samba será “Gigante pela Própria Natureza, Jaçanã e um índio chamado Brasil”, de autoria do carnavalesco Edson Pereira. O anúncio foi feito no último sábado (13).

 (Divulgação )
 

A história conta, por uma lenda indígena, o sonho de um curumim que revela o nascimento de sua irmã – uma menina que trará a esperança para os povos e chamará Brasília. O enredo narra o voo de uma jaçanã por todas as regiões do Brasil, acompanhando os povos até a capital federal. A temática valoriza a miscigenação e a junção de povos de diversas regiões em Brasília, ao colocar que a alma da cidade são os brasileiros que aqui fizeram suas vidas – um caldeirão de brasilidade.

 

Brasília é retratada como uma possibilidade de união e igualdade entre os povos, uma casa nova aos brasileiros. Na lenda apresentada, Brasília será modelada por dois pajés (Lucio e Oscar), realizada pelo Cacique (JK), e feita pelos Candangos. São citados, ainda, os traços retos e modernos da capital, o sonho de Dom Bosco, o Lago Paranoá e as cidades-satélites. Os candangos ganham papel de destaque. 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 71 - ESPECIAL SUSTENTABILIDADE