..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Sejus faz processo seletivo para pessoas com necessidade especial, em situação de rua e imigrantes

Serão abertas vagas em áreas como segurança e brigada, limpeza, carga e descarga, atendimento ao público, atendimentos em bar e loja, assistência de produção, bilheteria e serviços gerais

Publicação:24/07/2019 14:11

Na data em que se comemora o 28º aniversário da Lei de Cotas, celebrado nesta quarta-feira (24/7), a Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus) realiza processo seletivo para pessoas com deficiência que quiserem trabalhar na 3ª edição do Festival CoMA – Convenção Música e Arte. A seleção será conduzida pela Subsecretaria de Políticas de Direitos Humanos e Igualdade Racial.

 

Com início previsto para 1º de agosto, o CoMA abre vagas de trabalho para pessoas com deficiência, em situação de rua e imigrantes. Serão oferecidas oportunidades em áreas como segurança e brigada, limpeza, carga e descarga, atendimento ao público, atendimentos em bar e loja, assistência de produção, bilheteria e serviços gerais.

 (Luíza Spindola/Divulgação )
 

A seleção será no auditório do Coordenação de Promoção de Direitos de Pessoas com Deficiência (Promodef) da Sejus, na Estação do Metrô da 112 Sul, nos horários de 8h às 12h e de 14h às 17h. A documentação necessária para participar da seleção inclui identidade, CPF, laudo médico e currículo. Nos casos de segurança e brigada, os interessados devem apresentar certificados atualizados.

 

Para o Subsecretário de Igualdade Racial da Sejus, Juvenal Araújo, “esta é mais uma iniciativa da Secretaria de Justiça e Cidadania do DF de inclusão da pessoa com deficiência, em situação de rua e imigrantes, que terão oportunidade de trabalho e de participação em uma ação cultural de dimensão nacional”.

 

CoMA

 

O evento é de repercussão nacional voltado para a cadeia produtiva da música, mas que agrega diversas outras atividades e ações do campo das artes e da economia criativa.

 

Segundo os organizadores, a meta é destinar 7% do total dos postos às pessoas com deficiência. O CoMA, desde sua primeira edição, aposta na inclusão de pessoas com deficiência, além disponibilizar banheiros exclusivos, sinalização especial, cardápios em braile, intérpretes de Libras (Língua Brasileira de Sinais), serviço de audiodescrição, tudo com o objetivo de acolher esses indivíduos.

 

Em 2019, o CoMA contará com mais de 60 atrações divididas entre o Planetário de Brasília, o Clube de Choro e o gramado da Funarte. Serão realizadas conferências, debates, pitches (explanações de convencimento) e outras atividades relacionadas aos mercados da música, da produção cultural, das artes, dos games e de outras áreas correlatas.

 

Com atividades previstas para os dias 1 a 4 de agosto de 2019, o CoMA – Convenção de Música e Arte está com quase tudo pronto para montar sua estrutura principal no Eixo Monumental.

 

O resultado será divulgado pelo site do Festival CoMa e pela página do evento no Facebook, no dia 26/07.

 

* Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania


COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 70 - especial hospitais