• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Gastrô I Ingrediente »

Hits da estação

Com toques sofisticados e criativos, em qualquer época do ano, mas especialmente nos dias mais quentes, as saladas são opções leves e saborosas no almoço ou no jantar

Rônia Alves - redacao@encontrobrasilia.com.br Publicação:18/02/2013 18:19Atualização:18/02/2013 18:30

Kaisen Sarada (Fotos: Minervino Júnior/Encontro/DA Press)
Kaisen Sarada
 

Num país tropical como o Brasil, as saladas aparecem à mesa com força total o ano inteiro. Mas é mesmo no verão que elas se transformam em prato obrigatório. As variedades e as possibilidades de unir hortaliças, frutas e molhos fogem da duplinha que tem cara de dieta: alface e tomate. Mas, com esses dois ingredientes enriquecidos com pepino, queijo de cabra, dill e um bocado de azeite, a chef Mara Alcamim, do Universal Diner, apresentar a Shopska Salad, que experimentou e gostou durante uma viagem à Bulgária. “É tão simples quanto saborosa”, antecipa..


Shopska Salad (Fotos: Minervino Júnior/Encontro/DA Press)
Shopska Salad
Em lugares banhados pelo mar Mediterrâneo, região onde o sol e o calor predominam o ano todo, as saladas também fazem parte do dia a dia. “Numa refeição é comum servi-las frias, acompanhadas por molhos”, diz Paulo Mello, do restaurante Dona Lenha. A sugestão do chef é o bazergan, prato primo do tabule, feito com trigo, nozes, tomate, pepino e xarope de romã. “O molho grego tzatziki, à base de pepino, hortelã e iogurte, combina muito bem”, garante.


Do outro lado do mundo, no Japão, o verão não é muito diferente do brasileiro, com muitas saladas, às vezes incrementadas com frutos do mar. “Também é comum o zaru soba, macarrão gelado”, diz o sushiman Cristiano Komiya. A Kaisen Sarada é um clássico no arquipélago. A receita viajou para o Brasil e passou por adaptações pela dificuldade em encontrar aqui alguns insumos. Essa iguaria combina alface de qualquer tipo, tomate, cogumelos, algas marinhas – que são marca registrada da culinária japonesa – e frutos do mar.


Superclorofila (Fotos: Minervino Júnior/Encontro/DA Press)
Superclorofila
Entre os brasileiros o sunomono é o prato japonês mais procurado nos quentes dias da estação. Leve, refrescante, de sabor agridoce, une pepino em conserva, kani, gergelim e camarão. “O segredo do molho são as medidas exatas de vinagre de arroz, açúcar, sal e caldo de peixe”, finaliza Komiya, sem revelar as proporções.


Os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre a produção de orgânicos no Brasil foi realizado em 2006, os resultados apontaram 4,4 milhões de hectares ocupados por esse tipo de cultivo. A cozinha do Bendito Suco ficou conhecida pelos brasilienses por trabalhar somente com orgânicos. De lá saiu a ideia de uma saladona com várias hortaliças, carpaccio de salmão e três estilos de molhos – que também prometem fazer bonito em qualquer outro tipo de salada.

 (Fotos: Minervino Júnior/Encontro/DA Press)

 (Fotos: Minervino Júnior/Encontro/DA Press)

 (Fotos: Minervino Júnior/Encontro/DA Press)
 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017