• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Bem-estar I Dietas »

Sem lugar para toxinas

Alimentação saudável e cuidados especiais com o corpo garantem bons resultados depois dos excessos das férias

Cecília Garcia - Redação Publicação:01/03/2013 16:40Atualização:01/03/2013 17:07

 (Minervino Júnior/Encontro/DA Press)
Elas estão sempre ao nosso redor. Fazem parte de nosso cotidiano e se escondem sob formas inocentes, tanto que nem nos damos conta de seu perigo. De um simples copinho plástico em que bebemos café ao açúcar branco de todas as refeições, toxinas entram no organismo e causam uma bagunça enorme. Ainda bem que existem meios de expulsá-las de nosso sistema. Uma das maneiras mais simples e tradicionais de realizar essa faxina do corpo é por meio da alimentação.

 

A nutricionista Natália Aboudib Campos explica que a detoxificação é um processo orgânico que visa à eliminação de substâncias pelo organismo. Assim, uma dieta com essas características melhora os sistemas de limpeza, reduzindo os efeitos negativos que essas moléculas estranhas ao sistema biológico podem causar em nós.

 

O processo envolve duas fases e quando estas estão desequilibradas pode haver efeitos ainda piores do que as das toxinas originais. Por isso, a dieta deve ser realizada com acompanhamento nutricional, para que os nutrientes que ativam as duas etapas sejam devidamente fornecidos. “Se a primeira etapa for mais rápida que a segunda, teremos acúmulo de propriedades mais reativas e maléficas ao organismo. Além disso, as reações da primeira fase resultam na formação de radicais livres que, se não forem combatidos corretamente, causam danos à saúde”, afirma Natália.


Fernanda Dias emagreceu 2 kg ao fazer uma dieta de limpeza depois das férias: 'Me sinto mais leve', diz (Minervino Júnior/Encontro/DA Press)
Fernanda Dias emagreceu 2 kg ao
fazer uma dieta de limpeza depois das
férias: "Me sinto mais leve", diz
Mais conhecida como detox, essa dieta é muito intensa, por isso a nutricionista Fernanda Bassan explica que deve durar no máximo 30 dias e pode trazer um pouco de fraqueza por conta dos nutrientes que não estão presentes no cardápio do regime. Além disso, a profissional recomenda que haja intervalo de pelo menos três meses entre a realização dessas dietas.


Durante o período da detox, a alimentação é muito restrita, com o menor consumo possível de industrializados, aditivos artificiais, conservantes, embutidos, carne vermelha, alimentos alergênicos – como os que contêm lactose e glúten – e bebidas alcoólicas. Mas não é necessário viver com essas restrições. No cotidiano, é possível fazer refeições com nutrientes que melhoram a nossa capacidade de detoxificação. A nutricionista dá a dica básica: diminuir os alimentos industrializados em geral e aumentar as frutas e verduras, de preferência orgânicas. “O que acaba sendo apenas uma alimentação saudável”, completa.


Como benefícios para quem decide se livrar das toxinas, Fernanda lista melhora na memória, no humor, na pele e no intestino. Além dos tão desejados emagrecimento e desinchaço. “O funcionamento geral do organismo fica melhor”, afirma. Ainda de acordo com a nutricionista, pesquisas mostram que essas toxinas podem influenciar o funcionamento hormonal, aumentar o risco de desenvolvimento de alguns cânceres, prejudicar a função dos hormônios sexuais e pode estar associada à hiperatividade em crianças. A alimentação mais adequada é um ótimo meio de prevenção.


Quem sentiu as vantagens da detox no corpo foi a chefe de secretaria Fernanda Freitas Dias. Durante três semanas, assim que voltou de férias, começou sua dieta de limpeza. Mesmo se exercitando regularmente, não sentiu fraqueza nem qualquer outro efeito colateral. Apenas a vontade de comer aquilo que não podia. Alimentando-se com bastantes frutas, castanhas, nozes e barrinhas de cereais sem glúten, entre outros, notou melhora na balança. Perdeu 2 kg no processo, desinchou, está mais disposta, ainda que tenha se privado de seus tão amados doces. Fernanda já saiu do período da dieta, mas procura manter hábitos de alimentação saudável. “Me sinto mais leve”, conta.

A estudante Veyda Monteiro relaxa no Spa & Cia.: 'A pele melhora, fica mais suave, com aparência saudável' (Minervino Júnior/Encontro/DA Press)
A estudante Veyda Monteiro relaxa no Spa & Cia.: "A pele melhora, fica mais suave, com aparência saudável"

Dependendo do nível de intoxicação, o uso de suplementos favorece o processo de recuperação da saúde. De acordo com Leandra Sá, farmacêutica da Farmacotécnica, quando um profissional avalia um paciente e verifica a necessidade de detox, aponta qual a melhor conduta no caso. “Se for imprescindível o uso de suplementos, os profissionais prescrevem as formulações individuais que podem ser preparadas pelas farmácias de manipulação, como chás, envelopes, shakes, cápsulas ou mesmo gomas terapêuticas,” diz.


Outra forma interessante de detoxificar o corpo é por meio dos spas. Cada um com suas características e peculiaridades, eles apresentam meios alternativos de limpeza do organismo, com programas de massagens e banhos terapêuticos. Adepta das massagens, a estudante Veyda Monteiro faz sempre que pode e garante que os resultados são visíveis não só por ela, como por quem está perto. “A pele melhora, fica mais suave, com aparência saudável. Eu me sinto melhor, com a autoestima lá em cima”, garante.

 

CORPO SÃO

 

Dietas e massagens são alternativas saudáveis quando acompanhadas por um especialista

 

No restaurante

 (Minervino Júnior/Encontro/DA Press)
 

Para quem faz as refeições fora de casa quase todos os dias, a dieta não é impossível. O Substância Bistrô e Restaurante sugere um regime de 7 dias, sendo o primeiro à base de líquidos em três tipos – vegan, gourmet e rica em fibras. Os outros seis são de dieta combinando sólidos e líquidos, de 1.000 kcal por dia.  Onde: Terraço Shopping. Praça de Alimentação/2º piso

 

No Spa

 (Minervino Júnior/Encontro/DA Press)

O programa detox oferecido pelo Nuwa Spa envolve uma avaliação física feita pela nutricionista Maria Matos e pela massoterapeuta Glaucione Carina Garcia. Nesse momento são definidos os procedimentos que precisam ser feitos e os que não podem ser realizados. Uma das opções é a drenagem linfática. A massoterapeuta Glaucione explica que nessa massagem o sistema linfático é estimulado, fazendo com que as toxinas caiam na corrente sanguínea e sejam encaminhadas para os órgãos que farão o seu descarte por meio do suor, urina e fezes. Esse é o primeiro tratamento que deve ser feito, para que os posteriores não sobrecarreguem o sistema.

 

Onde: Ícone Parque: Setor de Clubes Sul e Unidade Shopping Iguatemi 


No Spa & Cia., o programa detox começa com um escalda-pés com massagem usando óleos essenciais. A seguir, o cliente passa por uma esfoliação do corpo e aplicação de máscara de argila. O próximo passo é um banho na hidromassagem com sal grosso, óleos essenciais e de estímulo, entre outros produtos, ajudando a finalizar a detoxicação do organismo. Durante o programa, biscoitos integrais e chás são servidos para repor os líquidos perdidos no processo e estimular o metabolismo. Onde: Pier 21, loja P02

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017