• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

No poder »

Torcedor de bronze

Denise Rothenburg - Colunista Publicação:19/03/2013 15:21Atualização:19/03/2013 15:32

 (MinervinoJúnior/ Encontro/ DA Press)
O busto é de bronze, mas o resultado foi de ouro. Desde o início da Copa Libertadores de 2012, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, veste o Louis Pasteur de seu gabinete com a camisa do Corinthians. Deu tão certo que o cientista francês, pai da vacina contra a raiva e das técnicas de pasteurização, vai passar essa nova temporada da Libertadores de “uniforme”, com direito à faixa de campeão. “Se deu sorte, não vou mudar”, diz o ministro. Pasteur morreu em 1895, antes da fundação do Corinthians (1910). Mas, pensando bem, depois da tragédia na Bolívia, em que um torcedor do time adversário morreu por conta de um sinalizador atirado da área onde estava torcida corinthiana, o Timão precisa mesmo de amuletos.

 

Sondagem

 

Começou uma pesquisa entre formadores de opinião sobre o que eles pensam dos líderes do PSB na Câmara, Beto Albuquerque (RS), e no Senado, Rodrigo Rollemberg (DF). A diferença básica é a de que Beto fala mais por Eduardo Campos, o governador de Pernambuco cada vez mais candidato a presidente da República.

 

Mulheres em alta 

 

As comemorações pelo Dia Internacional da Mulher começaram cedo em Brasília. No último dia 4, a presidente do Instituto Brasileiro de Qualidade de Vida (IBQV), Elizabet Garcia Campos, lotou o auditório da Livraria Cultura do Iguatemi, com um monólogo da atriz Sara Sintra baseado na obra Água Viva, de Clarice Lispector, uma desbravadora brasileira na luta pela igualdade de gênero.

 

Olho na telinha

 (João Cotta/Divulgação)

Segunda-feira é um dia tão vazio no Congresso que alguns deputados aproveitam para ver... novela. Isso mesmo. Dia desses, tinha algumas excelências no gabinete do líder do PMDB, Eduardo Cunha, grudados nos últimos capítulos da trama das seis, Lado a Lado, com a atriz Camila Pitanga.

 

 (Arquivo Pessoal)
On the road

 

Desde que deixou o cargo de presidente da Câmara, o deputado Marco Maia, do PT gaúcho, está com a vida que pediu a Deus. Dia desses, combinava com o atual procurador-geral da Casa, Claudio Cajado, do DEM baiano, uma viagem do Rio Grande até a Argentina. De moto. Isso mesmo. Taí uma prova de que essa história de inimigos entre PT e DEM muitas vezes se dissipa quando a vida normal entra em cena.

 

 (Paulo Paiva / DP / DA Press)
Famoso quem?

 

Dia desses, numa panificadora da cidade, um grupo de senhores conversava sobre os possíveis candidatos a governador do Distrito Federal e candidatos a presidente da República. Quando um deles mencionou os presidenciáveis do ano que vem, Dilma e Aécio Neves, alguém a mesa perguntou: “E Eduardo Campos?”  cidadão emendou: Quem é esse? O filho do governador Siqueira Campos?”. Sinal e que Eduardo, para ntrar nessa corrida o Planalto, ainda em muito chão pela frente. 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017