• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

GASTRÔ | especial Mês dos namorados »

Mesa para dois

Restaurantes de Brasília oferecem ambientes aconchegantes para casais que desejam curtir a relação, enquanto brindam e saboreiam o melhor da gastronomia, em qualquer época do ano, muito além do Dia dos Namorados

Leilane Menezes - Colunista Publicação:01/07/2013 14:20Atualização:01/07/2013 16:32

 (Raimundo Sampaio/Encontro/DA Press)
O amor não precisa de clichês nem de hora ou lugar marcado para acontecer. O sentimento, porém, alimenta-se especialmente de pequenas surpresas e saídas da rotina. À luz de velas, com bebida adequada e ambiente propício, o romance pode ficar ainda melhor. Em busca do clima especial, casais investem em restaurantes para causar boa impressão em um primeiro encontro, comemorar ocasiões específicas ou simplesmente celebrar a presença do outro. No mês dos namorados, apaixonados por gastronomia sugeriram a Encontro Brasília seus lugares preferidos.


O empresário Felipe Gomes escolheu com cuidado o ambiente no qual pediria a namorada Lina Santana, com quem está há oito meses, em casamento. Optou pelo Liv Lounge, às margens do lago Paranoá. “Gostei da vista e da variedade do cardápio”, ele ressalta. Felipe procurou a administração da casa com antecedência, fez reserva pessoalmente e avisou que seria uma noite marcante. Quando chegaram à mesa, havia pétalas de rosas, velas e espumante. Antes do prato principal, ele retirou uma pequena caixa do bolso e surpreendeu a namorada com o pedido, feito de maneira tradicional. Ela disse sim. “Mesmo com todo o clima, não imaginava um pedido de casamento. O lugar não poderia ser melhor, com vista para o lago Paranoá. Vamos lembrar para sempre”, diz Lina.

Gabriela Lima e Breno Oliveira começaram a namorar no Piantella: sempre escolhem o restaurante em ocasiões especiais (Raimundo Sampaio/Encontro/DA Press)
Gabriela Lima e Breno Oliveira começaram a namorar no Piantella: sempre escolhem o restaurante em ocasiões especiais

Conhecer novos restaurantes é um hobby compartilhado pelo casal. Geralmente, é Felipe quem escolhe o local. “Ele sempre acerta”, elogia Lina. No Liv Lounge, escolheram espumante para brindar e filé à parmegiana como prato principal. “O lugar para ir a dois precisa ter boa comida, depois ótimo atendimento e tranquilidade”, diz Felipe. O casal deve oficializar a união em 2014.


Sair da rotina: com quatro filhos, Agaciel e Mariana Maia investem em jantares a dois para preservar a relação (Raimundo Sampaio/Encontro/DA Press)
Sair da rotina: com quatro filhos,
Agaciel e Mariana Maia investem
em jantares a dois para
preservar a relação
Entre os indicados, há lugares com diversos perfis. Famoso como reduto de políticos e endinheirados empresários da capital, um dos pontos mais tradicionais é o Piantella, com 37 anos de história. Ali, muito além de negócios e jantares formais, há espaço para o romance. Incontáveis pedidos de namoro e casamento, além de cerimônias, ocorrem nesse endereço. Casais são vistos especialmente no bar estilo inglês, com piano e jazz ao vivo, de segunda a sábado, a partir das 20h. A iluminação favorece quem procura intimidade. A carta de vinhos, com 2,5 mil rótulos, é um dos grandes atrativos. Um dos donos do Piantella, Marco Aurélio Costa, é também sócio-proprietário do bistrô e distribuidora de vinhos Expand. “Vendemos garrafas de vinho no Piantella pelo mesmo preço que o cliente pagaria se comprasse na loja e levasse para casa. Há excelentes opções entre R$ 50 e R$ 100”, informa. As principais variedades de whisky também não faltam.


O modelo Breno Oliveira pediu a empresária Gabriela Lima em namoro no bar do Piantella. Ela frequenta o restaurante desde criança, ao lado da família. Ele confia na qualidade do estabelecimento. “Se você vai aos lugares da moda, às vezes, pega fila na porta, nem sempre é bem atendido nem come bem. Paga-se o mesmo preço de vir até aqui e não se tem o mesmo benefício. Gostamos do Piantella porque tem esse clima mais exclusivo, nunca nos decepcionamos”, explica Breno.


Para ocasiões especiais, a casa indica pratos como camarão ao champanhe, a cavaquinha flambada ou o stake à moscovite (filé flambado com conhaque, mostarda, creme de leite fresco e finalização com caviar) acompanhado de batatas. Entre os drinques, Gabriela aposta no Kir Royal (espumante com licor de cassis). “É uma delícia e o preço, em comparação com o de outros restaurantes na mesma faixa, é até mais barato. Vale muito a pena para ocasiões especiais”, diz.

Paixão pela gastronomia: Luísa Peters e André Batista dividem o prazer de descobrir juntos os melhores lugares para ir a dois em Brasília (Fotos: Raimundo Sampaio/Encontro/DA Press)
Paixão pela gastronomia: Luísa Peters e André Batista dividem o prazer de descobrir juntos os melhores lugares para ir a dois em Brasília

Com a proximidade do inverno, um lugar convidativo é o Café das 5, no Espaço Maria Tereza, no Lago Sul. Há uma lareira com mesas à frente, que podem ser reservadas. Em julho, uma parte da área externa foi separada para montagem de lounge ao redor de uma pequena fogueira, na qual os clientes poderão assar marshmallow. O café oferece, entre outras opções, pizzas gourmet e dois tipos de fondue: o de queijo (preparado artesanalmente na cozinha do restaurante) e o de carne (feito na chapa, com fio de azeite). O prato suíço vem acompanhado de molhos especiais, entre eles a farofa crocante e a cebola caramelizada. A sobremesa mais pedida é o Bolo Ivone, feito com chocolate e sem farinha de trigo. A receita leva o nome e é criação de uma funcionária da família de Maria Tereza, há 30 anos.


O morador do Lago Sul Agaciel Maia Júnior e a mulher, Mariana Maia, saem juntos pelo menos duas vezes por semana sem a companhia dos quatro filhos. “Se o casal não tem atividades a dois, o casamento não dura muito”, avalia Agaciel. O ambiente do Café das 5 é um dos preferidos. “Alguns sabores de pizza a gente só encontra aqui, como o queijo grana padano”, acrescenta. Nesse espaço, também funcionam o bar e o restaurante Bottarga, no andar superior, com padrão sofisticado. “Tivemos de limitar as reservas para casamento, porque teríamos de fechar todo fim de semana para atender à demanda. Os casais gostam muito dos ambientes daqui”, afirma a gerente Raíssa Cavalcante.

Débora e Marcus Vinícius Almeida relembram sabores de viagens pelo mundo no Grand Cru: a carta de vinhos inclui mais de mil rótulos (Fotos: Raimundo Sampaio/Encontro/DA Press)
Débora e Marcus Vinícius Almeida relembram sabores de viagens pelo mundo no Grand Cru: a carta de vinhos inclui mais de mil rótulos

Juntos há 10 anos e pais de dois filhos, a servidora pública Luísa Peters e o marido André Batista, que já foi chef de cozinha e hoje é publicitário, têm o hábito de sair para jantar semanalmente. O hobby tornou-se uma segunda profissão para ela. Luísa mantém o blog O Melhor e o Pior de Bsb, com milhares de acessos, desde 2007. Nele, avalia a qualidade da comida, o serviço, a localização e o preço dos estabelecimentos que visita. Quando a intenção é fugir de armadilhas de restaurantes nos quais o custo-benefício pode decepcionar, eles escolhem o Nossa Cozinha Bistrô, na Asa Norte. “O cardápio é criativo, o lugar é lindo e sem um valor absurdo. Em Brasília, é difícil encontrar um local que combine qualidade e valores justos”, afirma Luísa.


Entre as preferências do casal no cardápio, está o risoto de ossobuco com agrião. O prato é individual, mas serve duas pessoas com apetite moderado. O restaurante fica nos fundos de uma quadra comercial e pode passar despercebido. Quem o frequenta, geralmente, recebeu indicações. Durante o dia, é comum ver famílias. À noite, os casais dominam as mesas, ornamentadas com flores e velas. O drinque preferido de Luísa é o Mimosa, que leva espumante e suco de laranja. André prefere a carta de cervejas, com opções de vários países. Ele também transformou o amor pela gastronomia em atividade extra. Ministra o curso Cozinhando para conquistar, para homens que desejam impressionar, com habilidades na cozinha.


Felipe Gomes pediu Lina Santana em casamento com vista para o lago Paranoá: Liv Lounge foi o escolhido como cenário (Raimundo Sampaio/Encontro/DA Press)
Felipe Gomes pediu Lina Santana
em casamento com vista para o lago
Paranoá: Liv Lounge foi o escolhido
como cenário
Se o objetivo do passeio for degustar vinhos raros, o Grand Cru é uma ótima opção. Casados desde agosto, a pedagoga Débora Almeida e o analista de sistemas Marcus Vinícius Almeida tornaram-se clientes fiéis logo após a primeira visita. “Encontramos um espumante adocicado, mas não tanto quanto um Moscatel, que só tínhamos visto na África”, observou Débora. O ambiente também chama a atenção. O visual foi pensado pelas arquitetas Deborah Pinheiro e Elaine Verçosa para lembrar vinícolas de diversos países. A dupla usou madeiras de demolição e lavandas, alecrins e oliveiras.


O cardápio varia diariamente, a depender da inspiração do chef. “É garantia de novidades para os clientes. Nós adoramos experimentar. Então, é mais um ponto positivo”, afirma Débora. Ocasionalmente, há itens como bruschetta de queijo de cabra na seção de entradas, e arroz negro de lula com aspargos, entre as opções de pratos principais. No almoço, é possível saborear menu especial com receitas trazidas de viagens a diversos países, sempre harmonizadas com vinhos. Aos sábados, serve-se cassoulet (mistura francesa de feijão-branco e cortes frescos de carnes nobres).

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017