• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Coluna »

Na mesa

Liana Sabo - Colunista Publicação:25/09/2013 14:40Atualização:25/09/2013 15:42

Conceito novo

 (Raimundo Sampaio/ Encontro/ DA Press)

Brasília vai ganhar, ainda este ano, um hotel pra lá de inteligente. O hóspede preencherá a ficha de cadastro no ato da reserva. No quarto de piso antialérgico, o pedido de alimentos será feito pelo controle do aparelho de televisão, que mostrará todas as sugestões do room service. E, na cozinha, as inovações tecnológicas garantirão absoluta fidelidade à origem dos pratos. Nesse sentido, está empenhado todo o staff do Base Concept Hotel, que abre as portas mês que vem em regime de soft opening, em frente ao Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek. À frente da equipe, o gerente-geral Henrique Severien (no centro), formado em hotelaria na Suíça, convocou dois nomes pesados que já trabalharam com ele em outros hotéis: o chef maranhense João Freitas (à direita) e o gerente de alimentos e bebidas, Rafael Bacchieri (à esquerda). Com o nome de Original, o restaurante terá uma cozinha que busca preservar a autenticidade de cada receita e boa execução dos pratos a preços competitivos, propõe Severien, que quer atrair o morador da cidade a frequentar o hotel, que terá sala de jogos, sushi bar e cibercafé, além de 60 vagas na garagem. Já o hóspede será apanhado no aeroporto.

Artífice de Baco
 (Raimundo Sampaio/ Encontro/ DA Press)

São tantos e bons enólogos que se formam a cada ano que o Rio Grande do Sul está exportando profissionais até para o centro do país. Marcos Vian é um desses. Formado em Bento Gonçalves, com pós-graduação na Espanha e estágio na França, jurado de importantes concursos de vinho do mundo, o gaúcho descendente de italianos presta hoje consultoria em seis estados, além do seu: Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Goiás e até Rio Grande do Norte. Na sexta edição do Vinum Brasilis, Marcos veio conferir o sucesso dos vinhos assinados por ele, como o Sanjo Chardonnay 2010, espumante catarinense com aroma de coco amadeirado, que entrou na lista dos 11 melhores rótulos da feira, apresentados como Seleção Brasileira. Depois da terceira colheita no Sul de Minas, a vinícola Luis Porto lançará até o fim do ano seis varietais: Sauvignon Blanc, Chardonnay, Sirah, Merlot, Cabernet Franc e Cabernet Sauvignon. No Nordeste, ainda falta definir as castas que serão usadas no projeto de vinificação.

Momento italiano
 (Raimundo Sampaio/Encontro/DA Press)

Todos os domingos, na Pizzaria Don Giovanni, na QI 11 do Lago Sul, há uma mesa (da diretoria), que cresce conforme o número de comensais. De fora, parece que eles estão brigando, mas é só a aparência devido ao som alto das vozes. Eles falam italiano e o encontro é uma confraternização entre donos de restaurante, chefs, jornalistas e simpatizantes que, uma vez por semana, renovam o debate. Na mesa, o anfitrião Giovanni Spadola serve alguns dos mais de 40 sabores de pizza, sem contar a focaccia, o carpaccio e o calzoni. Para cada amigo, o pizzaiolo siciliano desenvolveu uma receita, como a pizza do Claudio, em homenagem ao crítico de cinema Claudio Valentinetti, que ganhou cobertura de muçarela, molho de tomate italiano, funghi porcini, presunto cru e grana padano. Há ainda as pizzas do Rosario (Tessier da Trattoria Da Rosario), do Luigi (da Trattoria 101) e do Antonello (do Espaço Antonello Monardo). Especialidade da casa também é a arrotolata, um disco de massa leve recheado com muçarela, berinjela, pesto e presunto de Parma. Envolta como rocambole, a peça é cortada em fatias servidas com rúcula e Grana Padano. As pizzas são deliciosas, mas ainda há outra atração. “Muita gente vem comer aqui por causa do meu vinho barato”, reconhece Giovanni, com modéstia.

Caranguejos frescos
 (Raimundo Sampaio/Encontro/DA Press)

Diretamente dos mangues de Tutoia, no Maranhão, chegam duas ou até três vezes por semana algumas cordas de caranguejos vivíssimos e todos machos, que é para garantir a preservação da espécie. Esse ritual se repete há 28 anos no Nosso Mar, na 115 Norte, único endereço da cidade onde você pode encontrar o crustáceo fresco. Ele pode vir cozido em água e sal ou refogado em leite de coco com tomate, cebola e pimentões à moda cearense. É do Ceará que vieram os cozinheiros da casa, como Zé Galego, que está lá desde a fundação, em 1985. Há ainda mais três sugestões no cardápio: patinha de caranguejo, na casquinha e empanado com farinha e ovo, sempre escoltado de farofa amanteigada e vinagrete. Congro rosa e pargo são outras opções da casa, que dispõe ainda de um espaço cultural, aberto no subsolo, onde há apresentação ao vivo, mas “só de música brasileira”, garante Soraia Oliveira, mulher do proprietário, Carlos Oliveira, um especialista em pescados, que deixou a Sudepe para abrir o restaurante.

 (Divulgação)
Lembrança do jantar


Uma centena de donos de restaurantes de todo o país vai se reunir em Brasília nos primeiros dias de novembro para discutir uma pauta que os une na Associação da Boa Lembrança. É justamente no congresso anual da categoria que se decide o ingresso ou a saída de sócios. Um dos requisitos da instituição é a presença do chef ou proprietário na rotina do estabelecimento. A exemplo da última reunião, realizada em Vitória, em 2012, aqui também haverá um jantar magno, aberto ao público, preparado por alguns chefs da Boa Lembrança. Ao final, os comensais recebem um prato de cerâmica comemorativo ao congresso.

 

 

 

 

EncontroGastrô – O Melhor da Cidade

Você é nosso convidado a ajudar a definir quais são, atualmente, os melhores estabelecimentos gastronômicos da capital federal.
 
O evento, que acontece ininterruptamente há 11 anos em Belo Horizonte, estreia em 2013na cidade deBrasília com 37 categorias que incluem sabores regionais, boa mesa, alta gastronomia, diversão, lanches e guloseimas, entre outros. Listamos mais de 400 estabelecimentos (os principais em cada área) para ajudá-lo na classificação. E você ainda pode escolher os profissionais que merecem nosso reconhecimento pelo trabalho como chef, sommelieroubarman.
 
O anúncio e premiação dos vencedores acontecem no início de novembro, quando também será lançado o guia Encontro Gastrô – O Melhor da Cidade – 2013.
 
Não perca a oportunidade de reconhecer o talento de quem ajuda a tornar Brasília o terceiro polo gastronômico do país. Divulgue entre seus amigos e vote sem moderação!
 
 
Para votar, clique abaixo: 

 

 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017