• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cidades | Roteiro »

A Alemanha em sons, sabores e imagens

No ano do país europeu no Brasil, hábitos germânicos estão em evidência em Brasília com uma série de eventos e atrações de dar água boca

Jéssica Germano - Redação Publicação:26/09/2013 15:22Atualização:26/09/2013 18:25

 (Bruno Pimentel / Encontro / DA Press)
As referências são todas muito fortes. Da literatura à música, passando pela gastronomia e alcançando a filosofia. Lembrar o país dividido quase três décadas por um muro de ideologias é trazer à tona, naturalmente, figuras como Bach, Hegel, Beethoven. E além. É associar à nação mais populosa da União Europeia a cerveja de gosto marcante, os pratos condimentados e os detalhes que ainda sustentam a tradição, exemplos da mesa posta impecável e do apego aos laços familiares.


No período em que a Alemanha celebra seu ano em terras brasileiras – a comemoração teve início em maio e se estenderá até o mesmo mês em 2014 –, instituições e empresas relacionadas aos dois países abrem as portas para imersões e descobertas. Com um vasto calendário de programações culturais, o país europeu se apresenta em Brasília nas mais diferentes áreas e lembra que há anos já faz parte das quadras projetadas no cerrado. Encontro Brasília traça um roteiro de lugares e pessoas na cidade que lembram o idioma regente de um dos principais festivais de cinema do mundo e que serviu de base para os clássicos de Goethe. Uma Alemanha de som, sabores e imagens ao alcance dos brasilienses.

 

Fritz Klinger, dono do restaurante Fritz: 'Os brasilienses estão gostando mais de comida alemã' (Raimundo Sampaio / Encontro / DA Press
)
Fritz Klinger, dono do restaurante
Fritz: "Os brasilienses estão gostando
mais de comida alemã"
À mesa

 

Salsichas, mostarda, carne de porco e batata, muita batata. A gastronomia germânica há anos é conhecida por sua lista de alimentos marcantes. No Fritz, o cardápio logo anuncia: “comida alemã com gosto da Áustria”. Apesar de o dono ser originário do segundo país mencionado, as duas culinárias são próximas e permitem que as receitas feitas em Brasília sigam os moldes tradicionais de preparo das regiões europeias.

 

Com o eisbein com chucrute (famoso joelho de porco servido com conserva de repolho fermentado) como um dos pratos mais pedidos na casa, o restaurante é referência, desde 1980. A perpetuação do negócio na cidade tem justificativa, segundo Fritz Klinger: “Hoje os brasilienses gostam mais ainda da comida alemã do que há alguns anos”, diz o dono.

 

Fritz
CLS 404, Bl. D, loja 35 

 

A descendência

As geleias de dona Gertrude Schwantes são imperdíveis: receitas tradicionais ensinadas pela mãe e pela avó (Minervino Júnior / Encontro / DA Press)
As geleias de dona Gertrude Schwantes são imperdíveis: receitas tradicionais ensinadas pela mãe e pela avó
 

Ela nasceu no Brasil, mas até os 5 anos de idade é como se tivesse vivido em uma pequena cidade da Alemanha. Criada e educada em uma colônia germânica no Sul do país, a aposentada Gertrude Schwantes mantém seus vínculos com o país dos avós, literalmente, no quintal de casa.

 

Aprendiz das receitas tradicionais ensinadas pela mãe e pela avó, ela seguiu com o laço fazendo geleias e quitutes alemães. “Tudo o que se consumia era feito pela gente. Desde as plantas até as conservas. Então eu cresci assim, sabendo fazer”, conta de forma simples sobre os tempos de colônia. Feitas de frutas frescas tiradas do pé, as geleias, que não têm nenhum conservante, vêm nos sabores da estação e são vendidas na própria casa, refletindo a filosofia que dona Gertrude adotou ao vir para o Centro-Oeste, nos anos 1980. “A gente transmite o que é alemão, recebe o que é dos outros e faz uma mistura boa”, resume sorridente.

 

Gertrude Schwantes
Contato: (61) 3577-4971

 

 

No Pão do Alemão, receitas são à base de bons trigos e dispensam o uso de leite, ovos e açúcar:  'Isso faz toda a diferença na qualidade do pão', explica o dono, Reinhold Dern (Bruno Pimentel / Encontro / DA Press)
No Pão do Alemão, receitas são à base
de bons trigos e dispensam o uso de
leite, ovos e açúcar: "Isso faz toda a
diferença na qualidade do pão", explica
o dono, Reinhold Dern
O verdadeiro pão

 

O mais conhecido pode ser o francês, mas não é o original. Pelo menos é o que defendem os alemães, mais especificamente o mestre de padeiro Reinhold Dern. Em Brasília há 13 anos, é ele o responsável pelos pães, doces e salgados inesquecíveis do Pão do Alemão, na 213 Norte. Fiel à tradição do seu país na cozinha, o comerciante já viajou o mundo produzindo as receitas que, obrigatoriamente, levam bons trigos e dispensam o uso de leite, ovos e açúcar. “Isso faz uma grande diferença na qualidade do pão”, explica Dern.

 

Dono de um jeito singular, é ele quem atende os dezenas de clientes que não param de chegar, das 18h, quando abre, até por volta da 1h da madrugada, quando encerra as atividades. Bolos de mel, frutas secas e castanhas se apresentam nas prateleiras da loja junto à variedade de biscoitos e doces que incluem o tradicionalíssimo folheado de maçã ou apfelstrudel.Uma verdadeira visita à fonte das guloseimas germânicas que vale cada caloria.

 

Pão do Alemão
CLN 213, Bl. D s/n, loja 23

 

 

Ambiente de vivência

Detalhe do carro que enfeita a área interna da Embaixada da Alemanha no Brasil: 
o ano de comemoração em curso valoriza conquistas conjuntas entre as duas nações (Bruno Pimentel / Encontro / DA Press)
Detalhe do carro que enfeita a área interna da Embaixada da Alemanha no Brasil: o ano de comemoração em curso valoriza conquistas conjuntas entre as duas nações

Maior representação da diplomacia entre os dois países, a Embaixada da Alemanha no Brasil tem funcionado também como ambiente de vivência da cultura germânica. Sediada no Setor de Embaixadas Sul, o local abre suas portas uma vez por mês para uma sessão de cinema alemão ao público brasiliense. As exibições acontecem por temporada e contam sempre com uma programação prévia. De acordo com o embaixador da Alemanha no país, além dos parâmetros culturais, o ano de comemoração em curso servirá para valorizar conquistas conjuntas entre as duas nações, como as que somam 1.300 empresas alemãs estabelecidas no Brasil. “Para o desenvolvimento das relações no século 21, é essencial que os dois parceiros se conheçam bem mutuamente”, pontua Wilfried Grolig. Para completar, cita um dos objetivos do projeto: “Queremos dar aos brasileiros um retrato atual e abrangente da Alemanha”, diz.

 

Embaixada da Alemanha
SES-Avenida das Nações, Quadra 807, Lote 25

 

Espaço cultural

O Instituto Goethe trouxe para Brasília a oportunidade de se aprender mais sobre o idioma e 
a arte alemã em um só lugar (Bruno Pimentel / Encontro / DA Press
)
O Instituto Goethe trouxe para Brasília a oportunidade de se aprender mais sobre o idioma e a arte alemã em um só lugar

Idioma, acervo de livros e arte alemã. Os três pilares se reúnem em um único local e cumprem bem a missão de intercâmbio com o Brasil que o Instituto Goethe de Brasília trouxe para a cidade. No local há cursos de alemão, acesso à biblioteca e eventos culturais. Também disponibiliza livros, traduções de obras em português, periódicos, revistas técnicas, CDS e vídeos no idioma estrangeiro. Para quem não é aluno do instituto, com um cartão de usuário ao custo de R$ 35 é possível fazer empréstimos por seis meses. Já as consultas e os eventos no local – com exceção das aulas – são gratuitos. Na temporada Brasil-Alemanha, a instituição promove ainda o sorteio de uma viagem ao país europeu com curso de alemão, por meio de um cartão fidelidade. Saiba como participar pelo site www.goethe.de/brasilia.

 

Instituto Goethe
SEPS-EQS 707/907, Conjunto F

 

Em ritmo de rock

 

Exclusivo: a banda Die Künstler é a única em Brasília que canta músicas alemãs, sem ser cover (Bruno Pimentel / Encontro / DA Press)
Exclusivo: a banda Die Künstler é a única
em Brasília que canta músicas alemãs,
sem ser cover
Acordes e letras alemães resumem bem a estrutura da banda brasiliense Die Künstler, ou Os artistas, em português. Fundada pelo servidor público Felipe Nitzke em 2003, com o intuito de manter as raízes que fincou durante uma temporada de dois anos em Berlim, a ideia convenceu os amigos e vingou. No cenário da capital federal, a banda é a única que atua cantando e tocando músicas alemãs, sem ser cover. “No início todo mundo acha estranho”, conta Felipe sobre a reação das pessoas ao saber dos shows de rock alemão. A reação é compreensível, lembra Cintia Costa, vocalista do grupo. “Tem aquele estereótipo do idioma, que é uma língua difícil, que é muito pesada.” A primeira impressão, porém, logo se desfaz. “O interessante da banda é que não tem só punk rock. A gente tem algumas baladas também. Dá para agradar um público bem diferente”, garante sobre o repertório que em breve ganhará músicas de grupos alemães que também tocam em inglês, como o Scorpions.

 

Die Künstler
Contato: (61) 9632-0304

 

Ícones da gastronomia

No Bar do Alemão, bebidas e comidas tipicamente germânicas são servidas à beira do lago Paranoá (Raimundo Sampaio / Encontro / DA Press)
No Bar do Alemão, bebidas e comidas tipicamente germânicas são servidas à beira do lago Paranoá

Em São Paulo, o negócio nasceu como padaria, ganhou ares de happy hour e virou restaurante. Em Brasília há pouco mais de quatro meses, a movimentação do Bar do Alemão alterna entre as diferentes opções de drinques – incluindo rótulos de tradicionais cervejas alemãs – e pratos da culinária europeia. Após observar a procura grande por receitas específicas da Alemanha, uma das sócias do bar-restaurante, Luna Mirah, não titubeia: “O brasiliense adora a cozinha alemã”. Na parte das bebidas, o Drink de Jänger, feito com uma das bebidas mais conhecidas da Alemanha (o Jängermeister), é ótima pedida para o fim de tarde, à beira do lago, ao lado do mix de salsichas da casa. O aperitivo traz três tipos da iguaria, acompanhados de mostardas e molho currywurst. É a oportunidade de aproveitar, ao mesmo tempo, dois fortes ícones do país.

 

Bar do Alemão - SHTN Polo 03 - Trecho 01 - Lote 09 - Projeto Orla

 

Território germânico

Mauro Reymond e a namorada, Inês Sarachu, no Stammtisch: os encontros reúnem pessoas interessadas na multiplicidade da sociedade alemã (Bruno Pimentel / Encontro / DA Press)
Mauro Reymond e a namorada, Inês Sarachu, no Stammtisch: os encontros reúnem pessoas interessadas na multiplicidade da sociedade alemã

Para quem quer praticar o idioma, reunir dicas para visitar o país ou simplesmente trocar experiências sobre a Alemanha, poucas ocasiões serão mais propícias do que o Stammtisch. Conhecido também como Grupo Brasil-Alemanha, o encontro, realizado pela embaixada em parceria com o Instituto Goethe e o Ministério das Relações Exteriores, acontece uma vez por mês no bar Armazém do Ferreira, na 202 Norte. “O aprendizado da cultura na verdade fica como uma consequência da conversa”, diz Mauro Reymond, ao explicar o formato. Contador uruguaio em temporada a trabalho no Brasil, ele acompanha a namorada, Inês Sarachu, que já morou em Berlim, nos encontros.  A fanpage Embaixada da Alemanha Brasília, no Facebook, informa sobre datas e horários da confraternização.

 

Programação cultural

 

Happy hour cultural
Misturando sessões de filmes
e degustação de salsichas com cervejas alemães, o Instituto Goethe costuma realizar o evento uma vez por mês na
sua sede. O acesso é gratuito, exceto pela alimentação que é adquirida na cantina. Confira as próximas datas:
18 de setembro, às 18h30
Filme: Do outro lado
29 de outubro, às 18h30
Filme: O sistema

Mostra de animação alemã
De 7 a 9 de outubro
Local: Instituto Goethe de Brasília -
SEPS-EQS 707/907, conjunto F

Mostra de cinema Berliner Schule
De 1 a 20 de outubro
Evento voltado para a “Escola de Berlim”, um estilo estético do cinema alemão surgido em meados do anos 1990.
Local: CCBB
Exposição fotográfica
De 9 de outubro a 12 de janeiro de 2014
Mostra reúne trabalho de fotógrafos contemporâneos alemães
Local: Museu Nacional dos Correios -
SCS Quadra 4, Bl. A, 256, Ed. Apolo

Cinema na embaixada
Seções gratuitas de filmes alemães
são realizadas sempre na última quinta-feira do mês, na sede representativa, com áudio em alemão e legenda em português
Local: SES – Avenida das Nações,
Quadra 807, lote 25

Festival de música
Com o tema “Do Barroco ao Moderno”, o Festival 500 anos de música alemã traz apresentações gratuitas com participação de músicos alemães,
no Teatro Nacional. Sempre
em uma terça-feira, às 20 horas.
A próxima apresentação
será em 22 de outubro:
Concerto de Johannes Brahms
e orquestra Nº1
Orquestra Sinfônica do Teatro
Nacional Cláudio Santoro
Solista (piano): Herbert Schuch
Regente: Cláudio Cohen

A arte que permanece!
De 29 de janeiro a 27 de abril de 2014
Com o acervo de Francisco Chagas Freitas, exposição reúne trabalhos de artistas
da Alemanha Oriental
Local: Museu Nacional dos Correios -
SCS Quadra 4, Bl. A, 256, Ed. Apolo

Exposição fotográfica da Bauhaus
De 4 de fevereiro
a 16 de março de 2014
A mostra apresenta fotografias da escola vanguardista alemã, reconhecida por sua expressão na arquitetura e no design
Local: Museu da República -
SCS, Lote 2, Zona O   

 

EncontroGastrô – O Melhor da Cidade

Você é nosso convidado a ajudar a definir quais são, atualmente, os melhores estabelecimentos gastronômicos da capital federal.
 
O evento, que acontece ininterruptamente há 11 anos em Belo Horizonte, estreia em 2013na cidade deBrasília com 37 categorias que incluem sabores regionais, boa mesa, alta gastronomia, diversão, lanches e guloseimas, entre outros. Listamos mais de 400 estabelecimentos (os principais em cada área) para ajudá-lo na classificação. E você ainda pode escolher os profissionais que merecem nosso reconhecimento pelo trabalho como chef, sommelieroubarman.
 
O anúncio e premiação dos vencedores acontecem no início de novembro, quando também será lançado o guia Encontro Gastrô – O Melhor da Cidade – 2013.
 
Não perca a oportunidade de reconhecer o talento de quem ajuda a tornar Brasília o terceiro polo gastronômico do país. Divulgue entre seus amigos e vote sem moderação!

 

Para votar, clique abaixo: 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017