..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Coluna | Na sociedade »

Páscoa na Big Apple

Carolina Puga - Colunista Publicação:16/05/2014 17:29Atualização:16/05/2014 18:19

Isadora Campos e o carioca Jorge Paulo Palhares, juntos há três anos, escolheram Nova York para um tour na Páscoa. Dos quase 10 dias na Big Apple, eles peregrinaram pelos famosos museus, fizeram piqueniques e um verdadeiro turismo gastronômico, que incluiu os restaurantes Milos, Eleven, Madison, PER Se, L’artusi, Nobu e Buddakan. Neste último, inclusive, o casal encontrou a amiga Julia Piquet e o namorado, Miguel Reyes. Hospedados no coração de Manhattan, eles assistiram à recém-lançada peça Rocky, na Broadway, andaram de patins no Rockfeller Center e ainda pegaram o Salão do Automóvel. De Nova York, Isadora voltou para o Rio de Janeiro, por onde ficou mais três dias com o namorado.

 

 

PAUSA PARA O CAFÉ

Yan Acioli é brasiliense e determinado. Conquistou o coração e a amizade de Sabrina Sato, sua maior vitrine. Transformou o estilo da apresentadora, considerada hoje uma das mulheres mais bem vestidas do showbiz. Tornou-se, depois disso, um dos stylists mais requisitados do país por artistas e celebridades. Mas o melhor de tudo isso: ele é um poço de simpatia e generosidade.

Como funciona o seu trabalho?
Com a Sabrina, trabalho full time. Escolho os looks do programa, estou presente nas campanhas publicitárias e, muitas vezes, acompanho as compras... Comecei com a Anitta há um mês. Trabalho muito com o Luciano Huck e a Angélica em alguns eventos e peças publicitárias que eles fazem, além de outros artistas. Mas é um trabalho que não se cria uma dependência. Trabalho com o guarda-roupa da pessoa: analiso, reformo e o modifico de acordo com o que fica legal nela.


Quais são as suas referências de estilo?

Minha primeira referência foi a minha mãe. Ela sempre ia trabalhar no Ministério das Comunicações com os sapatos czarina, referências de moda na época. Hoje, além da Rihana, Costanza Pascolato e da Sheikha Mozah, a Sabrina é a minha maior referência. Ela dá asas ao que eu construo.

As tendências ou o seu gosto particular reguiam o seu trabalho?
Eu preciso das tendências e amo a moda, mas gosto muito mais de gente. Minha cliente tem de estar feliz.

A moda tem limite?
Confesso que demorei a entender a Lady Gaga. Mas, depois que eu passei a acompanhar o trabalho dela, vi que tinha uma mensagem para passar aos seus fãs, e isso era bacana. Portanto, acho que a moda não tem limite.



 

 

 

ESSENCIAL POR COSTANZA

Com o requinte e a elegância peculiares, os característicos óculos escuros e um traje preto sobreposto por um trench coat bege, ela estava absolutamente chique. Costanza Pascolato aterrissou mais uma vez em Brasília para receber grandes nomes da sociedade brasiliense numa loja de luxo do Iguatemi, para uma noite de autógrafos do livro O Essencial, agora atualizado e reeditado. A obra é um guia de estilo que traz, entre outras dicas, as oito peças de roupa que toda mulher deve ter, na visão da autora. Carla Amorim, Cleucy Oliveira e Ana Paula Gontijo marcaram presença, garantiram o seu exemplar e tietaram a autora.

 

 

 

 

CURTAS
Fernanda Hernandez e Nelson Gebara receberam convidados da sociedade brasiliense e colecionadores de arte para um almoço em homenagem aos diretores da Christie's, uma das mais famosas casas de leilões do mundo. Eles estiveram em Brasília no começo de abril.
A jovem Carolina Adriano, que está estudando em Londres, esteve no meio de milhares de fiéis no Vaticano no ato de canonização de João Paulo II e João XXIII. Ela expressou a emoção daquele momento com um testemunho no Instagram. Falando nela, Carol recebeu este mês três visitas especiais: a mãe, Fernanda Adriano; a avó Vânia Carvalho; e a bisavó Ada.
CURTAS

Fernanda Hernandez e Nelson Gebara receberam convidados da sociedade brasiliense e colecionadores de arte para um almoço em homenagem aos diretores da Christie's, uma das mais famosas casas de leilões do mundo. Eles estiveram em Brasília no começo de abril.

A jovem Carolina Adriano, que está estudando em Londres, esteve no meio de milhares de fiéis no Vaticano no ato de canonização de João Paulo II e João XXIII. Ela expressou a emoção daquele momento com um testemunho no Instagram. Falando nela, Carol recebeu este mês três visitas especiais: a mãe, Fernanda Adriano; a avó Vânia Carvalho; e a bisavó Ada.

 

 


 

 

 

DNA DE CAMPEÃO

A temporada só está começando, mas ele já mostrou a que veio, afinal, filho de peixe, peixinho é. O jovem prata da casa, bonito, bem-nascido e talentosíssimo Pedro Piquet estreou vitorioso na F-3 Brasil, que, por sinal, tem sua última rodada aqui em Brasília, em novembro. Nas quatro corridas até o fim de abril, o filho caçula do tricampeão da F-1, Nelson Piquet, esteve no topo do pódio. Com apenas 15 anos, mas praticante e determinado no automobilismo desde os 7 anos, Pedro concilia os estudos com os campeonatos. Apesar de querer e torcer para que ele construa o próprio caminho, não seria demais também torcer para que um dia nós o vejamos no posto que já foi de seu pai na Fórmula 1. Se depender de habilidade, já podemos preparar o grito: É do Brasil!
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 57 | Setembro de 2017