..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Vencedor | Cafeteria »

Ernesto Café

Sem pressa

Da redação - Redação Publicação:26/08/2014 09:00Atualização:26/08/2014 09:41

O café coado em cafeteria quebra o paradigma de cafezinho rápido, na opinião da barista Juliana Pedro, que reafirma o movimento slow coffee em Brasília (Vinícius Santa Rosa/Encontro/DA Press)
O café coado em cafeteria quebra o paradigma
de cafezinho rápido, na opinião da barista
Juliana Pedro, que reafirma o movimento slow
coffee em Brasília
Um café feito na Chemex Coffee, criada em 1941 pelo químico alemão Peter J. Schlumbohm, é uma volta ao passado. A técnica segue o movimento slow coffee, com ritual de preparo feito à mesa na frente do cliente. Na jarra, com contornos de ampulheta, é modelado o coador de papel mais espesso em formato cônico, para uma extração uniforme. Primeiro a água quente é adicionada ao pó em delicados movimentos espirais, do centro para fora do filtro. São despejados 300 ml de água, para servir duas pessoas (R$ 12), ou 600 ml, para quatro, R$ 15.


Ao final da infusão é servido o café, mais leve do que o tradicional coado e sem nenhum resíduo de pó. Assim, o paladar se concentra somente no sabor da bebida. A Chemex já é encontrada nas boas cafeterias de São Paulo e pelas mãos da barista Juliana Pedro chega a Brasília, com exclusividade, no Ernesto Cafés Especiais. “Beber um café coado em cafeteria quebra o paradigma de café rápido”, reflete a empresária.


Boa pedida para acompanhar o lançamento – ou um dos vários cafés exibidos no menu – é a torta de limão com ganache de chocolate branco e base de biscoito de amêndoas (R$ 12). No fim do dia, com o aumento do movimento até as 22h, a cafeteria sugere um autêntico cappuccino italiano, com 1/3 de café, 1/3 de leite vaporizado e densa espuma de leite (R$ 7).


Aos sábados e domingos, a casa, bicampeã nesta categoria, costuma receber visitantes em busca de um café da manhã sem pressa. O menu não apresenta combos, mas o cliente pode montar uma farta sequência com salada de frutas com granola, iogurte e mel (R$ 8,80), ovos mexidos (R$ 6,80), tapioca com queijo coalho (R$ 6,80).

 

 (Vinícius Santa Rosa/Encontro/DA Press)
 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017