..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Vencedor | Pizzaria »

Baco

Processo afinado

Da redação - Redação Publicação:02/09/2014 09:35Atualização:02/09/2014 09:40

 (Bruno Pimentel / Encontro / DA Press)
O primeiro contato com a tradicionalíssima pizza napoletana – feita em Nápoles, na Itália – foi aos 20 anos, em viagem despretensiosa, muito antes dos planos de abrir qualquer negócio. Passados 24 anos, Gil Guimarães consegue manter, ainda hoje, a paixão pela massa aberta corretamente à mão, assada exatamente a 485°C e feita com farinha especial italiana e pomodoro pelati importado da mesma terra onde a receita nasceu.
 
Há 15 anos à frente da Baco, o chef pizzaiolo se orgulha em ser a única casa brasiliense a estampar o selo de produção feita à risca, com processo e receita originais, garantido pela Associação da Vera Pizza Napoletana. Com 30 sabores no cardápio pouco mudado, Gil se mantém firme no propósito de fazer pizza em massa fina e crocante, pela qual a Baco ficou conhecida.

As novidades ficam por conta de festivais ou datas especiais, quando ele apresenta recheios que não estão nem entre as “Tradicionais” nem entre as “Nossas Criações”, como divide o menu. Gil Guimarães mantém ainda a característica de explorar ingredientes cultivados nas proximidades do cerrado, com produtos de boa origem e de pequenos produtores. Caso da mozzarella de búfala fresca, vinda de Unaí toda sexta-feira e vendida na casa por unidade (R$ 28,50), com azeite e basilicão, somente este dia.

 

O bicampeão Gil Guimarães sugere a Marguerita Premium 
(R$ 64,40): a pizza agrada pelo sabor e a burrata do recheio surpreende pela textura cremosa (Bruno Pimentel / Encontro / DA Press)
O bicampeão Gil Guimarães sugere a Marguerita Premium (R$ 64,40): a pizza agrada pelo sabor e a burrata do recheio surpreende pela textura cremosa
 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017