..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Vencedor | Bistrô »

Le Vin Bistrô

Tempero francês

Da redação - Redação Publicação:04/09/2014 09:00Atualização:04/09/2014 09:42

Os maîtres Emmanuel Perez e Advane Gomes entre o coordenador administrativo do Le Vin Bistrô, José Lybio: bicampeões na categoria (Raimundo Sampaio / Encontro / DA Press)
Os maîtres Emmanuel Perez e Advane Gomes
entre o coordenador administrativo do Le Vin
Bistrô, José Lybio: bicampeões na categoria


Com decoração típica de bistrô – que inclui fotografias da França antiga penduradas em paredes amarelas e mesinhas cobertas por toalhas xadrez –, o restaurante mantém o perfil da matriz paulistana de servir clássicos franceses. Mexilhões (R$ 54) podem ser provados como entrada de quinta-feira (quando chegam frescos) a domingo.


Já o steak tartare (R$ 56) segue a receita tradicionalíssima, sem errar a mão nos temperos, que passam por cebola, mostarda, tabasco e alcaparras. Para o maître parisiense Emmanuel Perez, aí está o “pulo do gato” da casa, que ganhou o prêmio pela segunda vez: o respeito aos calculados temperos. Em um cardápio fixo, criado por um chef francês que antecedeu o comando atual das caçarolas de Fred Barroso, o restaurante explora o conceito de bistrô (local onde se bebe e se come de modo acolhedor, com preços acessíveis) e mantém, de segunda a sexta, o déjeuner executive a R$ 57. Com entrada, prato principal e sobremesa, o menu oferece também criações abrasileiradas, como o picadinho de filé, acompanhado por farofa e banana caramelizada.


Parte da inspiração da marca, a adega aparece com quase 200 rótulos, a sua maioria de origem da terra de Versalhes. A casa capricha ainda na produção de pães e doces servidos, e agrada nas sobremesas. O crème brûlée (R$17), com fava de baunilha e cobertura de açúcar mascavo maçaricada, surge como campeão de pedidos.

 

 (Raimundo Sampaio / Encontro / DA Press)
 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017