..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Vencedor | Carta de vinhos »

Rubaiyat

Brindes à beira do lago

Da redação - Redação Publicação:05/09/2014 09:00Atualização:05/09/2014 09:54

Guilherme Cunha Costa, sócio do Rubaiyat em Brasília, exalta a adega da casa: 'É uma obra de arte' (Bruno Pimentel / Encontro / DA Press)
Guilherme Cunha Costa, sócio do Rubaiyat
em Brasília, exalta a adega da casa: "É uma
obra de arte"
Os cortes de carne são a atração do Rubaiyat, mas quando o assunto são as bebidas a carta de vinhos é, sem dúvida, a estrela do restaurante. Na entrada para o salão, são vistas as 3,7 mil garrafas dispostas na grande adega, com 4,5 metros de pé-direito, feita com vidro temperado. “O espaço é uma obra de arte e foi ampliado durante a construção do restaurante”, exalta Guilherme Cunha Costa, sócio da filial brasiliense.


São em média 700 rótulos, de 13 países. Há opção por taça, meia-garrafa ou garrafa. Os tintos estão entre os mais requisitados, mas champanhes, espumantes e vinhos brancos são queridinhos entre o público feminino. Há preços para diferentes estilos de bolso, como flûte de Chandon Réserve Brut (R$ 20) ou garrafa do espanhol Baron de Chirel 05 (R$ 380).


Os clientes são recepcionados por um farto e variado couvert (R$ 19, por pessoa). Entre os destaques do cardápio, estão o Baby Beef Rubaiyat (R$ 78). Desde o primeiro aniversário da casa, comemorado em junho, há também o menu light, com 11 opções. A varanda com vista para o Lago Paranoá é disputada pelos clientes nos fins de tarde. O espaço é uma boa pedida para a “hora del tapeo”, com cardápio de petisco assinado pelo chef executivo do grupo, Carlos Valentí.

 

 (Bruno Pimentel / Encontro / DA Press)
 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017