..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Gastrô | Receitas »

Um toque de glamour

Como ingredientes, espumantes e vinhos levam as características das uvas aos pratos. Peixes, crustáceos e cortes de porco ganham sabor quando combinados às bebidas

Cecília Garcia - Redação Publicação:20/12/2014 08:00Atualização:07/01/2015 11:46

 (Raimundo Sampaio/Encontro/DA Press)

Passaram as comemorações de fim de ano, mas os bons espumantes dos brindes ainda estão na memória. Certo? A boa notícia é que a bebida, versátil, pode ser não apenas um acompanhante das refeições: ela integra receitas como ingrediente e confere requinte aos pratos.


Além disso, leva as características das uvas para o prato. Um exemplo dessa combinação é a de Emerson Mantovani, chef do restaurante Trio Gastronomia. Seu bacalhau confitado com emulsão de espumante rosé é melhor servido, de acordo com o próprio chef, com o mesmo rosé que vai na receita. Emerson afirma que o azeite como ingrediente potencializa o sabor do brut. Ele indica o rótulo Adolf Lona brut rosé.


Outra opção é a indicação do chef Alexsandro Panta, do restaurante Toro. Trata-se de harmonizar o lombinho ao molho de espumante com outro espumante que não seja tão forte quanto o usado no prato. De acordo com o chef, a bebida da receita combina bastante com carnes brancas.


Outra combinação recorrente acontece com vinhos. Agenor Maia, chef do restaurante Olivae, acredita que seu risoto de lagostim com espumante rosé e cajuína do cerrado serve bem com vinho rosé fino seco. Segundo o profissional, a junção das duas bebidas ressalta o sabor dos rosés. Já o sommelier do Dom Francisco, Joaldo Lima, prefere ressaltar as propriedades da pescada amarela ao velouté de espumante da casa – que leva a bebida com uvas chardonnay sem madeira – com um vinho branco com uvas sauvignon blanc.

 

 

 

 

 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017