..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

GASTRÔ | Receitas »

Organismo limpo

Aprenda a utilizar a dieta detox a seu favor e confira receitas para colocá-la em prática

Sara Campos - Publicação:03/03/2016 10:20Atualização:03/03/2016 11:22
Após os excessos comuns nas festas de fim de ano e uma rotina de alimentação desregrada, a famosa dieta detox aparece como boa alternativa para quem quer começar o ano com menos culpa e – por que não – menos dígitos na balança. Apesar de existir há muitos anos, a nomenclatura “detox”, abreviação para a palavra desintoxicante, tornou-se recentemente mais difundida e invadiu os cardápios de restaurantes que atraem clientes em busca de hábitos saudáveis.

“O alimento detox é rico em antioxidantes e normalmente é consumido in natura. Geralmente esses ingredientes têm cor verde-escura, como brócolis, couve, espinafre e hortelã. Eles ajudam a limpar o organismo de sódio e sal, elementos presentes nos alimentos industrializados”, esclarece a nutricionista Lia Ribas.

 (Andre Viollaatti/Esp. Encontro/D.A Press)

Além da má alimentação, o abuso do álcool causa ação inflamatória no organismo e está entre os tipos de bebida com maior concentração de calorias. “O álcool gera o que chamamos de cascata inflamatória no organismo. Além de ser muito calórico, ele promove descompensação de sódio e potássio. O resultado é a retenção de líquido e o inchaço do corpo”, destaca a especialista.

Os efeitos da dieta detox variam de acordo com o histórico alimentar de cada organismo. Ela não possui contraindicações, mas é recomendável consultar um nutricionista em vez de fazê-la por conta própria. “Depois de um período aproximado de 10 dias o detox passa a não fazer mais efeito. Por isso essa dieta deve ser feita por determinado período de tempo, e não para sempre”, alerta Lia Ribas.

 (Andre Violatti/Esp. Encontro/D.A. Press)
Um problema de saúde da mãe fez com que a família da empresária Renata Queiroz reavaliasse seus hábitos alimentares. Após a recomendação médica da retirada de açúcar e glúten da dieta, o clã contratou um personal chef para o preparo de novos pratos. A novidade acabou ajudando na criação de uma empresa, a Lavi, especializada em cozinha funcional. “Isso despertou o desejo de continuar naquele estado físico que antes era desconhecido para mim. Após sentir os efeitos da dieta detox no cotidiano, o cliente forma maior consciência do que não deveria consumir. A pirâmide da Lavi é formada por verduras, frutas sementes, castanhas e grãos, em grande parte orgânicos”, afirma Renata.

Para o restaurateur Nicolas Fujimoto, a versátil biomassa de banana verde é um dos ingredientes que não podem faltar no cardápio de uma dieta funcional. “Cerca de 80% de nossos pratos levam biomassa de banana verde na composição. Já nos sucos também mantemos as fibras quando não os coamos, para que não seja consumida apenas a frutose, o açúcar das frutas. Isso é fundamental para garantir uma desintoxicação eficiente."
 
 
 
 
 
 
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 55 | Julho de 2017