..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

COLUNA »

Na mesa

Jéssica Germano - Redação Publicação:28/07/2016 09:28
INDO E VINDO
Quando deixou Brasília e se mudou para uma cidadezinha chamada Orleans, no interior de Santa Catarina, no ano passado, Victor Quaranta achava que nunca mais iria voltar. Contrariando as próprias previsões, o mixologista responsável por drinques de destaque na cidade, como os do Paradiso Cine Bar, não só voltou, como assumiu parte da sociedade do Tabuada Tábuas & Drinks, inaugurado em junho no Sudoeste. "Brasília é muito dinâmica, muda muito rápido", declara, como quem justifica o vínculo retomado. Com agenda dividida entre as duas cidades, ele segue atuante em todo o processo - indo além das consultorias - e sustentando o conceito do endereço, de vender experiências. Na parte de coquetéis, por exemplo, as criações funcionam por temporadas, com novidades lançadas por ele a cada semana. Caso do Jardim Burle Marx, feito com melancia, rum, vodca, grenadine, abacaxi, limão e cointreau, que remete aos jardins do paisagista e abre a fase de frutos e flores da carta de bebidas.
 (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
INDO E VINDO II
Em uma dessas vindas, Quaranta prestou sua mais recente consultoria. Foi para o Quattro Pizza Bar, que será inaugurado em agosto, no edifício Via Azaleas, em frente à estação de metrô Águas Claras. Em uma área de 350 m², a operação tem o conceito de entretenimento descolado e promete combinar receitas de redondas e petiscos de influência italiana com varanda e lounges para DJ. Na parte do bar, destaque para as cervejas especiais, chopes e drinques exclusivos assinados pelo mixologista brasiliense. "Será bem bonito", garante Ney Robsthon, proprietário da casa, que, antes, era gerente comercial da Via Engenharia e por isso carregou o know-how de construções para reformar por completo o novo empreendimento, que terá ainda delivery. Assina o cardápio a mulher do empresário, Cristiane Fumie, com receitas como o fundue de polenta e queijo emmental com linguiças flambadas.
 (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)

ENDEREÇO PRÓPRIO
Depois de passar por cozinhas nos Estados Unidos, Austrália, São Paulo (um estágio no D.O.M, de Alex Atala, também está no currículo) e ter liberado pratos no Liv Lounge, Cru e Oliver, Fábio Marques retomou a decisão de trabalhar por conta própria. Encerradas as atividades do Eu Chef, projeto em que elaborava receitas e as porcionava para que os clientes brilhassem em casa, o cozinheiro abriu em meados de junho sua operação de café com toque de bistrô e forte viés de brigadeiria. Na entrequadra da 4 e 5 da Octogonal, o Vanilla passeia entre opções que vão de café da manhã ao jantar, mais intimista, passando por almoço executivo. Só do doce à base de leite condensado surgem 58 sabores que, em tamanho generoso, saem a 3 reais cada um. Destaque para os de caramelo, Nutella e Heineken. Já da temporada em solo americano, o chef trouxe uma receita exclusiva de sanduíche cubano, feito com baguete da Paneteria D'Oliva bem tostada e pernil de porco.
 (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)

ALÉM DOS GELADOS

A marca Palazzo já havia se impregnado na memória do brasiliense. O exercício agora será associá-lo a outras possibilidades e ao novo nome: Zagaia. É que o endereço da 706/707 Norte continua o mesmo, só que diferente. Explico. Os sorvetes, feitos de maneira artesanal e com bons ingredientes, continuam na casa. Mas agora, além das 20 cubas de sabores gelados e do cardápio de cafés, o ponto oferece uma linha variada de lanches, que vão de crepes a tapiocas, passando por combinados de paninis com sucos e massas feitas na hora. E também um food truck. "Nós estamos transformando a loja naquilo que é o conceito de café fora daqui", explica a sócia-proprietária Luci de Oliveira, ao lado do filho, Neto, que também comanda o negócio.
 (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)

EXCLUSIVIDADE ENGARRAFADA

Foi com o intuito de personalizar mais o festival autoral Panelas da Casa - em sua terceira edição, até 14 de agosto -, que os idealizadores e participantes do projeto apostaram em uma criação exclusiva. A partir da próxima temporada, marcada para janeiro, o grupo que começou encabeçado pelos empresários Alexandre Albanes (em pé) e Otávio Silveira (ambos do Nossa Cozinha Bistrô), Andrei Prates (Cantucci Bistrô) e Mateus Takano (Genghis Khan), vai lançar um rótulo especial da cerveja Colombina para harmonizar com o selo que propõe entrada, prato principal e sobremesa a preço promocional. "Nós optamos por fazer um festival bem coeso e, em conjunto, pensar nesse sabor", adianta Andrei. Da etiqueta à receita à base de lúpulo, toda a composição será elaborada pelos chefs inscritos, que, neste último encontro, somam 12 estabelecimentos. Outra boa notícia para os cervejeiros de plantão: está previsto um sorteio que levará um comensal à fábrica da breja, em Goiânia.
 (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
 
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 57 | Setembro de 2017