..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

ENCONTRO GASTRÔ »

Todo dia é dia de rock

O'Rilley levou para casa o prêmio de "Melhor Balada"

Da redação - Redação Publicação:05/10/2016 13:15

Gustavo Gondim, dono do O%u2019Rilley: boa música e boa carta de cervejas em um pub feito para quem gosta de paquerar e dançar (Bruno Pimentel/Esp.Encontro/DA Press )
Gustavo Gondim, dono do O%u2019Rilley: boa música e boa carta de cervejas em um pub feito para quem gosta de paquerar e dançar
Em um charmoso ambiente de três andares na 409 Sul, é possível apreciar cervejas internacionais e artesanais, curtir uma boa música, paquerar e dançar. Inspirado nos tradicionais pubs irlandeses e ingleses, o bar surgiu em 2005 com a proposta de oferecer mais descontração e diversão ao brasiliense. A casa – que já teve como sócio o músico Bi Ribeiro, da banda Os Paralamas do Sucesso – agora é comandada por Gustavo Gondim, empresário acostumado a produzir festas e que já esteve à frente de restaurantes e boates em Brasília.  


Gondim conta que um dos segredos do espaço é manter um padrão de primeira. “Temos uma vasta carta de cervejas, chopes especiais, som e iluminação de qualidade. Além disso, os shows. Em outros estabelecimentos da cidade não existem decoração e culinária típicas de um pub como aqui”, afirma.


 (Bruno Pimentel/Esp.Encontro/DA Press )
Os rótulos alemães Paulaner e Erdinger, o brasileiro Colorado e a famosa marca irlandesa Guinness atraem os cervejeiros ao O’Rilley, que ainda tem no cardápio drinques e petiscos como o Fish’n Chips (peixe empanado acompanhado de batatas fritas), o tradicional salsichão alemão e hambúrgueres especiais.


O ambiente é apropriado para receber DJs e bandas para tocar o melhor do rock e do pop rock mundial, em especial, os sucessos dos anos 1970 e 1980. A fama do pub é tão grande na cidade que integrantes do grupo britânico Iron Maiden fizeram uma visita à casa em 2009, depois de seu primeiro show na capital.

 

 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 59 | novembro de 2017