..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

ENCONTRO GASTRÔ »

Quem não arrisca não petisca

Pelo segundo ano consecutivo, Tiago Pereira leva o título de Melhor Sommelier

Da redação - Redação Publicação:10/10/2016 12:40
Toda profissão tem seus segredos. Algumas mais que outras. E certamente não é fácil entender as qualidades que levam alguém a ser um bom sommelier. Porque, enquanto alguns clientes gostam de sugestões que se pautam por vinhos famosos, outros preferem escolhas que passam pelo preço e há quem peça que a dica seja de uma bebida que surpreenda. Mas tem de ser sempre uma boa opinião. Arriscado, não?

Pois esses desafios Tiago Pereira tira de letra. "É um estímulo para mim, em poucos minutos de conversa, tentar entender o que o cliente espera do vinho para aquela refeição, o que é acertado para aquele momento. Quando ele aprova, fico aliviado, porque para agradar eu tenho de me arriscar", explica o sommelier, que trabalha no restaurante Oliver há um ano e meio e adora instigar os frequentadores do espaço a conhecer novos rótulos. 
Pelo segundo ano consecutivo, Tiago leva o título de Melhor Sommelier de Brasília: por gostar de desafios, ele vai cada vez mais longe (Bruno Pimentel/Esp. Encontro/DA Press)
Pelo segundo ano consecutivo, Tiago leva o título de Melhor Sommelier de Brasília: por gostar de desafios, ele vai cada vez mais longe

Para Tiago, um erro comum a muitos colegas de profissão é a imposição do próprio gosto. "Oferecer sempre os mesmos vinhos, reconhecidamente bons, é fácil. Mas não tentar entender a expectativa de quem chega é um pecado", diz. Uma de suas estratégias, quando não conhece o cliente, é perguntar qual o último vinho que se lembra de ter gostado. A partir da resposta, as características mais marcantes daquele rótulo (sempre conhecido dele, que tem na memória uma adega enorme e bem organizada) são transpostas para o que vai ser sugerido pelo especialista.  Dá para ver que é uma união de características que fazem dele um bom profissional. E o Melhor Sommelier de Brasília não esconde o segredo do sucesso: nada mais que dedicação somada ao entusiasmo de fazer o que gosta. 
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 59 | novembro de 2017