..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

ESPECIAL EDUCAÇÃO | Certificação »

Sua escola é legal?

Instituições particulares de Brasília são certificadas pelo Sinepe e ainda recebem cursos e treinamentos em áreas como gestão e educação inclusiva

Julyerme Darverson - Publicação:26/10/2016 09:02
Todo pai e toda mãe se preocupam 100% com a segurança dos filhos. Um dos principais pontos que pesam na hora da escolha da escola onde eles vão estudar é exatamente este: saber se o espaço físico é adequado e se as crianças estão sendo bem cuidadas. Por isso mesmo, o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinepe/DF) criou o Selo Escola Legal, para avaliar e validar os quesitos qualidade, estrutura e ética nas escolas particulares, ajudando a população a identificar quais instituições têm autorização para funcionar.

Segundo o presidente do Sinepe, Álvaro Domingues, a ideia surgiu para combater escolas que não obedecem rigorosamente à legislação, principalmente as clandestinas. Domingues diz que dois fatores são importantes para que as instituições sejam credenciadas: "As escolas precisam ter um projeto político-pedagógico bem fundamentado e documentos formais que legalizem o seu funcionamento", explica.
Álvaro Domingues, presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do DF: mais de 510 instituições certificadas em seis anos (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro)
Álvaro Domingues, presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do DF: mais de 510 instituições certificadas em seis anos

O credenciamento somente acontece depois de os colégios passarem por inspeções do Sinepe, da Secretaria de Educação, das Administrações Regionais, do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil. "Fiscalizamos o espaço físico, inclusive as adaptações de acessibilidade para atender pessoas com dificuldades de locomoção", destaca Domingues. Ele ressalta ainda que é importante ter atenção voltada para o bem-estar dos alunos: "As escolas devem orientar e acompanhar a comunidade onde estão inseridas para prevenir que pessoas que possam oferecer riscos ao ambiente escolar não ameacem a segurança dos alunos", enfatiza.

Para Daniel Souza, diretor do Dínatos COC, colégio que recebeu o selo há dois anos, a certificação passa a ser um atestado de qualidade e faz com que a sociedade reconheça a instituição como uma escola responsável. "O selo é muito importante para garantir aos pais e à comunidade em geral que a escola cumpre os seus deveres e busca a qualidade do ensino", afirma. O diretor destaca que, mesmo com a crise financeira no país, houve um aumento na procura por matrículas em relação ao ano passado: "Deixamos sempre o selo visível e o apresentamos aos pais que nos procuram. Por isso, ele é mais um elemento importante para atrair novos alunos", diz.
 (Fachada do Dínatos COC: selo se destaca na entrada da escola, que viu suas matrículas aumentarem depois dele)

Álvaro Domingues explica que há anos o sindicato vem desenvolvendo junto às entidades de ensino vários cursos, palestras, treinamentos e ações de qualificação para os gestores. O Colégio Logosófico de Brasília, certificado há seis anos com o selo, é outra instituição beneficiada com a certificação do Sinepe: "Essa capacitação traz um retorno para o setor administrativo, acadêmico e principalmente para os aspectos pedagógicos. Sempre procuramos colocar em prática, com os alunos e com os pais, os métodos que aprendemos nos cursos oferecidos pelo sindicato", diz a diretora Lúcia Andrade.

A gestora frisa que essa parceria traz um leque de possibilidades para aperfeiçoar o sistema educacional, trazendo temas importantes para serem abordados em sala: "Aplicamos esses conhecimentos nas classes, criando campanhas e projetos que servem como plano de fundo para debater assuntos, como o bullying e a violência contra a mulher, por exemplo", diz.
Turma de alunos do Colégio Logosófico de Brasília: escola tem o selo do Sinepe há seis anos e faz constantes campanhas sobre inclusão social e violência (Gregório Araújo/Divulgação)
Turma de alunos do Colégio Logosófico de Brasília: escola tem o selo do Sinepe há seis anos e faz constantes campanhas sobre inclusão social e violência

Já são mais de 510 escolas certificadas com o Selo Escola Legal, em Brasília e região. Além de conferir a garantia de bom funcionamento, o Sinepe promove cursos regulares de gestão, coordenação, educação inclusiva, educação financeira e administração, no intuito de ajudar as escolas particulares do Distrito Federal a serem ainda mais eficientes.
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 57 | Setembro de 2017