..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

ESPECIAL ODONTO | Ortodontia »

Mais modernos e discretos

Aparelhos ortodônticos ajudam a corrigir a posição dos dentes, que ficam alinhados e saudáveis como devem ser. Especialistas explicam quais são os mais novos tipos, quando são recomendados e quem pode usá-los

Wal Sousa - Publicação:09/03/2017 09:58Atualização:09/03/2017 11:31
Um tratamento ortodôntico pode ser realizado em qualquer fase da vida. Para os mais jovens, usar aparelho fixo pode ser divertido. Já os adultos preferem os aparelhos mais discretos, que estão se tornando quase imperceptíveis com as novas tecnologias. Ortodontia e ortopedia funcional dos maxilares são especialidades utilizadas para lidar com problemas de mau posicionamento dentário. Enquanto a ortodontia se concentra na utilização de aparelhos fixos e móveis, para remodelar as estruturas, a ortopedia funcional trabalha na estimulação de nervos sensoriais encontrados na região da boca, para promover mudanças passivas na estrutura óssea e muscular da arcada.

A ortodontista Nathália Pacini diz que o tipo de tratamento ortodôntico está ligado à idade do paciente. “A primeira fase ocorre antes do completo nascimento dos dentes permanentes, através do uso dos aparelhos ortopédicos, que vão movimentar os ossos da criança até os 10 anos. Na segunda etapa, quando já nasceu a maioria dos dentes permanentes, o paciente utiliza um aparelho fixo com a finalidade de promover o alinhamento dos dentes. Desse modo, obtém-se uma oclusão equilibrada”, afirma. 
Segundo a ortodontista Nathália Pacini, com as novas tecnologias há um tipo de tratamento para cada idade: uma solução para cada fase da vida (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
Segundo a ortodontista Nathália Pacini, com as novas tecnologias há um tipo de tratamento para cada idade: uma solução para cada fase da vida

Aos 8 anos, a estudante Ana Iza Borges de Siqueira começou um acompanhamento ortopédico, pois à época apresentava uma mordida atrésica – com o céu da boca mais fundo, cruzada – e com apinhamento, que são dentes juntos e tortos por falta de espaço. Por isso, usou o expansor por seis meses e, com o nascimento dos dentes permanentes, passou para o fixo, de metal, utilizando-o por dois anos. “Quando eu era pequena, sentia vergonha de sorrir. Agora, aos 14, ainda uso aparelho de contenção para manter os dentes no lugar certo, mas me sinto muito feliz com essa conquista”, conta Ana Iza. 
Ana Iza Siqueira usa um modelo de contenção para manter os dentes no lugar certo: 'Eu me sinto muito feliz com essa conquista' (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
Ana Iza Siqueira usa um modelo de contenção para manter os dentes no lugar certo: "Eu me sinto muito feliz com essa conquista"

Com a evolução dos tratamentos ortodônticos é possível optar entre os aparelhos fixos ou removíveis na prevenção e cuidados das irregularidades dentais e faciais que provocam a “má oclusão”, relação de contato incorreta entre os dentes superiores e inferiores. De acordo com a especialista Nathalia Pacini, os mais recentes são os alinhadores transparentes, bem aceito pelos adultos pela sua discrição. “O tratamento se dá pelo uso de placas removíveis, indicados para fazer mínimas movimentações e posicionar pequenos defeitos de alinhamento nos dentes. Os resultados podem ser vistos em aproximadamente quatro meses. Quanto ao uso de aparelho fixo, o mais moderno é o autoligável metálico, que não usa borrachinhas e proporciona, em média, um ano a menos no tratamento em comparação ao tradicional.” 

O personal trainer Pedro Guimarães, de 25 anos, tinha pressa em resolver o problema dentário: “Fiz o primeiro tratamento com aparelho fixo por dois anos, mas depois disso um dente saiu do lugar e tive refazê-lo. Como eu estava de casamento marcado, optei pelo aparelho invisível, pois precisava de um modelo eficiente e discreto. A opção por esse modelo ficou melhor esteticamente, além de ser mais fácil higienizar. Obtive um ótimo resultado.” 
O personal trainer Pedro Guimarães usa o aparelho invisível e gosta do resultado: 'Ficou melhor esteticamente, além de ser mais fácil higienizar' (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
O personal trainer Pedro Guimarães usa o aparelho invisível e gosta do resultado: "Ficou melhor esteticamente, além de ser mais fácil higienizar"

Para Fabrício Morais de Siqueira, especialista em ortodontia e ortopedia funcional dos maxilares da Smile Center, a eficácia do tratamento está ligada à indicação precisa e ao diagnóstico correto, essenciais para que se obtenha um resultado satisfatório. “Nos pacientes adultos, os aparelhos mais procurados são os que ficam praticamente invisíveis ao sorrir, conhecidos como estéticos, feitos de porcelana ou safira. Esses modelos imitam a cor dos dentes e proporcionam um sorriso bastante natural. “ Segundo ele, nos pacientes jovens, o interesse maior ainda é pelo aparelho tradicional, que possibilita o uso de elásticos coloridos. “Os resultados dependem muito da idade da pessoa e do objetivo do tratamento. Em pacientes idosos, por exemplo, costumam ser mais lentos, principalmente naqueles que têm pouco suporte ósseo, contudo, não chegam a ser contraindicados”, diz.

Fabrício explica ainda que a finalização dos casos geralmente é feita com o uso de aparelho de contenção removível na parte superior e fixo na parte inferior, com função de manter os dentes na posição em que foi encerrada a intervenção. Dessa forma, a arcada dentária se estabiliza por volta de dois anos, podendo-se suspender, então, a contenção.
Especialista em ortodontia, Fabrício Morais explica que a eficácia do tratamento está ligada ao diagnóstico correto: essencial para que um resultado satisfatório  (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
Especialista em ortodontia, Fabrício Morais explica que a eficácia do tratamento está ligada ao diagnóstico correto: essencial para que um resultado satisfatório
 
SAIBA MAIS
 
PRINCIPAIS MODELOS FIXOS
> Tradicional, com elástico colorido, braquete e fio metálico 
> Aparelho estético constituído de braquete de porcelana ou safira e fio banhado a ródio
> Com braquete autoligável (ausência de elástico), é o mais moderno, com mais tecnologia

PRINCIPAIS MODELOS REMOVÍVEIS
> Alinhadores, também chamados de placas transparentes 
> Aparelho de contenção, usado na finalização do tratamento ortodôntico 

Fontes: especialistas consultados 
COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 59 | novembro de 2017