..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

ENCONTRO GASTRÔ | 2017 »

Variado e dinâmico: Oliver ganha prêmio de Melhor Cozinha Variada

Restaurante foi o vencedor da votação anual Encontro Gastrô - O Melhor de Brasília 2017

Publicação:26/09/2017 15:35

Já faz 12 anos que o Oliver integra a pungente cena gastronômica brasiliense. Apesar de a identidade à mesa ter começado com um pé na cozinha mediterrânea, o menu nunca foi proibitivo no quesito novidades. “Aquela história de cardápio estático ficou para trás”, sentencia o sócio Rodrigo Freire. Receitas contemporâneas convivem bem com clássicos internacionais, que, por sua vez, têm relação amistosa com combinações que destacam o cerrado. Ser variado, geralmente, pode esbarrar em imbróglios como falta de personalidade. Não no Oliver. Tudo que sai da cozinha comandada por Nilson Favacho é rico em sabor, cor e aroma.

Paella marinera, um dos hits da casa: arroz, camarões 
médios e grandes, lulas, mexilhões e lagosta (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
Paella marinera, um dos hits da casa: arroz, camarões médios e grandes, lulas, mexilhões e lagosta
 

Bons exemplos são as vedetes do menu: as paellas marinera (R$ 390, para quatro pessoas) e valenciana (R$ 189, para quatro pessoas), servidas de quinta a domingo. A marinera tem arroz, camarões médios e grandes, lulas, mexilhões e lagosta. A valenciana é um misto de camarões médios, lulas, mexilhões e sobrecoxa de frango, e sai fumegante de panela própria, que vai direto para a mesa e dá encanto à degustação.

O sócio Rodrigo Freire 
e o chef Nilson Favacho: 
'Aquela história de cardápio 
estático ficou para trás', diz Freire (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
O sócio Rodrigo Freire e o chef Nilson Favacho: "Aquela história de cardápio estático ficou para trás", diz Freire
 

Na hora de bebericar, o cardápio é tão vasto quanto a seção de pratos principais. O Oliver, aliás, aposta alto na coquetelaria. Foi um dos primeiros endereços da cidade a investir no Moscow Mule, drinque queridinho do momento, com vodca Ketel One, suco de limão, espuma de gengibre a angostura (R$ 28), servido em uma charmosa caneca de cobre.

 (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017