..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

ENCONTRO GASTRÔ | 2017 »

Independente e ainda melhor: Otro Parrilla vence na categoria Melhor Carne/Parrilla

A marca conquistou o prêmio em votação realizada por Encontro Gastrô - O Melhor de Brasília 2017

Da redação - Redação Publicação:27/09/2017 14:49

Depois de 11 anos como franquia do Corrientes 348, a operação liderada pelos sócios Tiago Laude e Leandro Pompeu desvencilhou-se do grupo e assumiu marca própria. Localizado próximo à terceira ponte, o Otro começou a funcionar em janeiro deste ano sem distanciar-se do padrão que o fez ser três vezes campeão de Encontro Gastrô. A carne que sai da parrilla fumegante continua coordenada de forma alternada pelos churrasqueiros Fernando Cardoso e Manoel Pereira. A independência na gestão, entretanto, permitiu atualizações. No hall de boas-novas estão o steak tartare (R$ 59), o arroz de polvo (R$ 68) e a paleta de cordeiro (R$ 190).

Assado de tira acompanhado de arroz de brócolis e batatas: 
boa pedida entre as muitas opções do cardápio (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
Assado de tira acompanhado de arroz de brócolis e batatas: boa pedida entre as muitas opções do cardápio
 

Continuam vedetes do menu os aclamados cortes vacio (fraldão, R$ 89) e ojo del bife (miolo do contrafilé, R$ 89), que correspondem a boa parte da 1,5 tonelada de carne comprada mensalmente para abastecer o restaurante. As peças vêm de fornecedores de longa data – argentinos, uruguaios e brasileiros. “Quando se trata de carne, não dá para inventar”, afirma Tiago, desvendando um dos segredos que fazem a casa continuar no topo da preferência do júri.

Tiago Laude (sentado) e 
Leandro Pompeo, proprietários 
do Otro Parrilla: 'Quando 
se trata de carne, não dá 
para inventar', diz Tiago (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
Tiago Laude (sentado) e Leandro Pompeo, proprietários do Otro Parrilla: "Quando se trata de carne, não dá para inventar", diz Tiago
 

Entre as guarnições, chamam a atenção o generoso arroz de brócolis (R$ 23), as variações de batata (a partir de R$ 19) e os legumes vindos também da parrilla (R$ 56). Para acompanhar, pode-se escolher entre os mais de 200 vinhos listados na carta ou aderir ao queridinho Aperol Spritz (R$ 29,50), que faz o restaurante ser o número um de vendas em Brasília. São mais de 500 unidades vendidas por fim de semana.

 (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017