..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

ENCONTRO GASTRÔ | 2017 »

Tudo com jeitinho, uai!: Casa de Biscoitos Mineiros é eleita Melhor Confeitaria e Salgados de Brasília

Marca foi a vencedora da categoria no prêmio Encontro Gastrô - O Melhor de Brasília 2017

Da redação - Redação Publicação:27/09/2017 15:53

São 22 anos desde que Maria Madalena Alves trocou Minas pelo cerrado candango e abriu a primeira loja para vender quitutes mineiros. Ainda hoje, é ela quem responde pelas mais de 500 receitas de produtos da casa e comanda, na unidade da Asa Norte, o preparo dos tradicionais biscoitos fritos, feitos à sextas e sábados. Ao lado das filhas Andreia e Marcia, a matriarca acompanha o preparo diário do cardápio, uma das razões para o bom movimento de todo dia e pela quantidade de funcionários: 265 nas três unidades. Já fazem parte da memória brasiliense as coxinhas (a partir de R$ 6, a unidade) e as religiosas de frango ou camarão (R$ 8,50 e R$ 9, cada uma) fechadas uma a uma, assim como a torta Suflair (R$ 58,90, o kg).

Salgados como coxinhas e religiosas de frango e camarão,  
biscoitos de queijo e tortas doces podem ser encontrados 
nas unidades dessa casa que traz a origem no nome (Ronaldo Dolabella/Esp. Encontro/DA Press)
Salgados como coxinhas e religiosas de frango e camarão, biscoitos de queijo e tortas doces podem ser encontrados nas unidades dessa casa que traz a origem no nome
A fundadora Maria Madalena 
Alves, entre as filhas Marcia 
e Andreia: simplicidade 
é a marca da casa (Ronaldo Dolabella/Esp. Encontro/DA Press)
A fundadora Maria Madalena Alves, entre as filhas Marcia e Andreia: simplicidade é a marca da casa
 

Pelos salões das unidades na Asa Sul e em Águas Claras também é possível encontrar preparos juninos o ano inteiro, como arroz doce, curau e canjica. É em períodos festivos, aliás, que aproveitam para testar  novidades. Degustações no balcão servem como base para implementar novos sabores. Foi assim que ganharam espaço fixo no menu a torta de leite Ninho com geleia (R$ 62,90, o kg) e o bolo de cenoura trufado (R$ 36,90, o kg). O segredo para emplacar sucessos seguidos? O clã feminino garante que é o amor simples pela cozinha: “Nós fugimos da confeitaria fina”, diz Marcia.

 (Ronaldo Dolabella/Esp. Encontro/DA Press)
 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 58 | outubro de 2017