..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

ESTÉTICA | CORPO »

Especialistas dizem o que é possível fazer, a curto prazo, para perder alguns quilos

Quer ficar com tudo em cima para o verão? Além de dicas para perder peso, profissionais contam como ficar com a pele mais uniforme, reduzir a quantidade de pelos e combater a flacidez e a celulite

Paloma Oliveto - Publicação:13/12/2017 12:59Atualização:13/12/2017 14:36

Às vésperas da estação do calor e dos corpos à mostra, já está aberta a temporada de corrida aos consultórios, para receber o verão em boa forma. Com os avanços tecnológicos de equipamentos, preenchimentos e cosméticos, é possível melhorar bastante a aparência até chegar a hora de se exibir sob o sol. Mas é bom correr: os profissionais de saúde e da área de estética afirmam que, nessa época do ano, há um incremento de 20% a 30% na procura por procedimentos, e as agendas costumam lotar rapidamente.

 

Desaparecer com as gordurinhas e a celulite está no topo da lista de exigências da clientela, diz o médico Erasmo Tokarski, da clínica Unipele, que atua há três décadas na área de dermatologia e estética. Sorte que os aparelhos estão cada vez mais avançados. “Hoje, esses tratamentos ficam mais encurtados, então ainda dá tempo, principalmente para os graus I e II da celulite e para as gordurinhas localizadas”, afirma. O “milagreiro” tem nome: Velashape 3, também indicado para combater a flacidez. Seguro e não invasivo, o método combina as tecnologias de radiofrequência e infravermelho para quebrar as moléculas adiposas e incentivar a produção de colágeno e elastina.

Com três décadas 
de experiência em 
dermatologia e estética, Erasmo Tokarski diz que os aparelhos para tratar gordura localizada estão cada vez mais modernos: ''Hoje, esses tratamentos ficam mais encurtados' (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
Com três décadas de experiência em dermatologia e estética, Erasmo Tokarski diz que os aparelhos para tratar gordura localizada estão cada vez mais modernos: ''Hoje, esses tratamentos ficam mais encurtados"
 

Muitas pessoas, porém, não estão atrás apenas da eliminação das gordurinhas localizadas. Querem mais: enxugar alguns quilos, o que requer esforço extra. Mesmo assim, o nutricionista Daniel Novais garante que ainda há tempo: “Em um mês, já é possível conseguir algumas mudanças no corpo. Mas é importante fazer uma meta realista, sem exageros, de preferência com a orientação de um profissional”, afirma.

 

É o que pretende fazer a advogada Mônica Ribeiro, de 33 anos. Neste ano, a rotina apertada fez com que ela ganhasse 6 kg. “Para estar no meu peso ideal, acredito que o mais importante é ter uma dieta saudável e equilibrada. Nas redes sociais, as pessoas divulgam informações sem respaldo científico e geram uma legião de seguidores de ‘tendências’ sem qualquer orientação profissional. Minha escolha é consultar um profissional da área sempre que for adotar alguma dieta restritiva ou que busque melhoria na minha performance”, diz. Como pratica atividade física desde os 16 anos, Mônica gosta de fazer exercícios, principalmente ao ar livre, como corrida e ciclismo. Além disso, tem procurado evitar os carboidratos simples e preparar os alimentos em casa.

A advogada Mônica Ribeiro quer perder os quilos que ganhou, com a prática de esportes e alimentação balanceada: ela sempre recorre a um profissional antes de adotar alguma dieta restritiva ou para melhorar a performance (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press )
A advogada Mônica Ribeiro quer perder os quilos que ganhou, com a prática de esportes e alimentação balanceada: ela sempre recorre a um profissional antes de adotar alguma dieta restritiva ou para melhorar a performance
 

A pele também exige uma preparação especial para o verão, principalmente no caso de pacientes com manchas e que pretendem ir à praia. A assistente administrativa Aline Mendes, de 28 anos, está preocupada com pontinhos pretos que começaram a aparecer no rosto, desde que se mudou de João Pessoa (PB) para Brasília, há um ano e quatro meses. “A pele está seca e cheia de manchinhas”, conta. “Está muito feio e vou procurar um médico para dar jeito. Se conseguir resolver com creme, ótimo. Mas se precisar uma coisa mais invasiva, também vou fazer”, afirma Aline.

Aline Mendes quer a pele do rosto sem manchas, por isso vai recorrer a um 
tratamento antes do verão: 'Se precisar uma coisa mais invasiva, vou fazer' (Vinícius Santa Rosa/Esp. Encontro/DA Press)
Aline Mendes quer a pele do rosto sem manchas, por isso vai recorrer a um tratamento antes do verão: "Se precisar uma coisa mais invasiva, vou fazer"
 

Uma das opções mais avançadas no mercado é o laser PicoSure. O nome da máquina é uma referência à rapidez da emissão de energia: picossegundos, ou um bilionésimo de segundos. “Ele é 100 vezes mais rápido que os outros aparelhos. É o que há de mais moderno na área”, explica o dermatologista Ricardo Fenelon. Como o pulso é muito veloz, ele atravessa a epiderme, mas preserva toda a sua estrutura. Sem agressividade, estimula a formação de colágeno e elastina. Com o tratamento, é possível rejuvenescer a pele, retirar manchas (melasma) e tatuagens, além de recuperar a cútis marcada por cicatriz de acne.

Para corrigir problemas na pele, o dermatologista Ricardo Fenelon recomenda o uso de aplicações de laser: tratamento pode rejuvenescer o rosto, retirar manchas e tatuagens, além de recuperar a cútis marcada por cicatriz de acne (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
Para corrigir problemas na pele, o dermatologista Ricardo Fenelon recomenda o uso de aplicações de laser: tratamento pode rejuvenescer o rosto, retirar manchas e tatuagens, além de recuperar a cútis marcada por cicatriz de acne
 

Segundo Fenelon, uma das vantagens do equipamento é a rapidez nos resultados e na recuperação. “O paciente chega, faz uma sessão e fica com a área um pouco inchada e vermelha nas primeiras oito horas. Depois, esses sintomas desaparecem. A pessoa pode trabalhar normalmente e mesmo aquelas mais sensíveis consideram o tratamento muito tranquilo”, diz. Em média, são necessárias seis sessões, mas a partir da segunda já é possível começar a ver os efeitos.

 

Os tratamentos cosméticos também estão muito avançados e auxiliam na prevenção e no tratamento do rosto e do corpo, afirma Vera Peixe, franqueada da Adcos em Brasília. “Nessa época do ano, as clientes correm atrás dos tratamentos. O ideal é fazer as sessões de estética e continuar com os produtos em casa”, afirma. “Não existe milagre, mas há produtos que trazem resultados excelentes”, completa. Kenia Pacheco Xavier, de 40 anos, concorda. Há seis anos, ela emagreceu muito e ficou com a pele do rosto mais flácida. Para combater o problema, a fisioterapeuta usa um arsenal, que inclui tônico, ácido, vitamina C e protetor solar. Além disso, faz hidratações e usa máscaras com frequência. Com a chegada do verão, a pele fica mais oleosa. “Os poros ficam muito dilatados. Por isso, também incluo um redutor de poros. Além disso, estou fazendo um novo tratamento da marca, à base de ácido hialurônico e retinol. Fica fenomenal”, garante a fisioterapeuta.

A fisioterapeuta Kenia Xavier (sentada) faz tratamento com ácido hialurônico e retinol para tratar a flacidez da pele do rosto com a esteticista Vera Peixe: 'Fica fenomenal', diz Kênia (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/DA Press)
A fisioterapeuta Kenia Xavier (sentada) faz tratamento com ácido hialurônico e retinol para tratar a flacidez da pele do rosto com a esteticista Vera Peixe: "Fica fenomenal", diz Kênia
 

Para os que querem chegar mais joviais à estação, os preenchimentos faciais e a toxina botulínica promovem efeitos rápidos e duradouros. A toxina, além de tirar marcas de expressão, pode ser usada para combater outro problema que costuma se agravar no verão: a hiperidrose. O dermatologista Ricardo Fenelon explica que a aplicação do produto nas mãos e nas axilas reduz bastante o excesso de suor.

 

Não dá para falar de verão sem imaginar pernas de fora. Quem quer fugir da cera ou da gilete tem a seu favor a depilação a laser. “Em três sessões, já é possível conseguir uma redução bem razoável dos pelos”, afirma o dermatologista Erasmo Tokarski. Ele diz que pernas, coxa e contorno são as regiões mais requisitadas nessa época do ano. Mais modernos que no passado, os equipamentos podem ser usados por negros, que antes corriam o risco de saírem com a pele manchada. Mas, atenção: não vale se bronzear antes de se submeter ao tratamento. Nesse caso, ele é vetado.

 

TRÊS PERGUNTAS PARA | PRISCILA BARACAT

Proprietária da clínica Inti, nutricionista aconselha a evitar dietas da moda

 

1 |  É possível emagrecer para o verão, que já está próximo, mantendo a saúde?

Claro! Com a ajuda das atividades físicas e de uma boa dieta equilibrada e com poucas calorias – ou seja, a pessoa deve ingerir menos calorias do que gasta, e isso se vê melhor por meio do exame de bioimpedância. Outra dica é comer porções menores que as habituais, evitar doces, refrigerantes, gorduras e carboidratos não integrais. Após as 18h vai muito bem uma refeição livre de carboidratos e rica em proteína de boa qualidade, como peixe grelhado e salada, ou uma boa sopa de legumes com frango desafiado. E muita água! Lembrem-se de que fruta é carboidrato, portanto, consuma com moderação, como uma porção no café da manhã e uma porção no lanche da manhã ou da tarde, por exemplo.

 

2 |  Nessa época do ano, surgem muitas dietas da moda, publicadas em revistas, blogs, redes sociais. Elas podem ser uma armadilha para a saúde?

Podem ser, sim, pois para cada pessoa há um tipo de dieta ou quantidades de calorias apropriadas. Nesse caso, cuidado com as dietas muito restritas em calorias ou que não tenham nada de carboidrato, pois podem ser um risco à saúde, levando a pessoa a ficar fraca ou com alguma falta de nutriente. Uma reeducação alimentar é sempre a melhor opção. pois será mantida a longo prazo.

 

3 |  Para os que conseguiram emagrecer no verão, como manter o peso saudável ao longo do ano?

 

Tentando, pelo menos, ter mais disciplina nos dias de semana e fazendo sempre atividades físicas. O sedentarismo também pode levar ao aumento no consumo de guloseimas calóricas. No caso de um novo aumento de peso, a dieta deve ser seguida, inclusive nos fins de semana, e depois ir liberando as refeições livres aos poucos.

 (Raimundo Sampaio/Esp. Encontro/Da Press)
 

4 PASSOS PARA PERDER PESO

Dicas de um nutricionista para eliminar os quilos a mais, mudando hábitos alimentares

 

1 Em vez de queijo cottage, minas frescal e ricota, dê preferência aos queijos “gordos”, como o parmesão e a muçarela. Parece estranho? Pois os amarelos têm menos carboidratos e mais gordura e, para emagrecer mais rápido, é preciso diminuir carboidratos e açúcares

 

2 Não tenha medo de comer ovos: é um alimento nutritivo, rico em proteínas e outras substâncias benéficas. Mas não exagere!

 

3 Consuma castanhas, amêndoas e nozes. Elas são ricas em gorduras, vitaminas e minerais. Cada uma tem uma propriedade diferente. Esses alimentos podem ser como lanches, acrescentar nas saladas, na tapioca, no cuscuz, entre outras opções.

 

 

4 Em relação às carnes, dê preferência aos peixes, que têm menos calorias que as carnes bovinas, suínas e de frango. É um alimento com baixo peso molecular, deixa a pessoa saciada e se sentindo leve. 

O nutricionista Daniel Novais também diz que ainda há tempo de perder alguns quilos: 'Mas é importante fazer uma meta realista, sem exageros, de preferência com a orientação de um profissional' (Arquivo Pessoal )
O nutricionista Daniel Novais também diz que ainda há tempo de perder alguns quilos: "Mas é importante fazer uma meta realista, sem exageros, de preferência com a orientação de um profissional"
 

 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO 62 | março 2018