..
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Móveis resistentes ao sol trazem mais sofisticação a ambientes da casa

Jardins, varandões e entornos de piscinas, conheça cinco projetos de quatro designers que levam beleza e conforto a esses ambientes

Mariana Froes - Publicação:20/12/2018 19:04Atualização:20/12/2018 19:21

Faça chuva ou faça sol, independentemente da época do ano e da previsão do tempo, áreas externas como varandas, quintais e jardins são chamarizes para momentos de lazer e de relaxamento. Para deixar esses espaços ainda mais agradáveis e convidativos, especialistas na área de decoração falam da importância nos investimentos e cuidados. Móveis resistentes e com materiais de qualidade são algumas das escolhas assertivas na hora de paginar locais como esses. Sem falar na seleção de detalhes, pisos e revestimentos adequados e duráveis diante das intempéries.

 

Encontro Brasília selecionou quatro ambientes como esses, assinados por profissionais brasilienses e criados com a proposta de esbanjar charme e sofisticação. Um deles, idealizado pela arquiteta Silvana Albuquerque, fica em uma casa no Lago Sul. A varanda integrada a um espaço gourmet foi concebida, segundo a profissional, para transformar-se no coração da casa. “É um local arejado, parcialmente aberto e que permite a quem passa por ali um contato com o verde, com a natureza, apropriado para receber visitas”, afirma Silvana.

 

A arquiteta diz ter escolhido os móveis de forma estratégica. O objetivo foi garantir não só o conforto, como a conservação das peças. Ela ensina que optar por fibras sintéticas, tecidos resistentes ao sol e móveis feitos em alumínio e metal são sempre boas escolhas. No entanto, alerta: “Em alguns casos, é importante retirar o estofado quando estiver chovendo, pois a água pode entrar pela costura e apodrecer o enchimento”.

 

Além de itens tradicionais, áreas externas podem conter adereços bem versáteis, como é o caso dos pergolados, pufes, chaises, lanternas suspensas, entre outros. No caso do ambiente projetado pela Attrium Arquitetura em uma residência no Lago Sul, um gazebo – espécie de estrutura de laterais abertas – tem destaque no centro do jardim. A área, dedicada ao relaxamento, é composta ainda por um sofá e um chaise de tecidos impermeáveis, mesas de metal e uma lareira a céu aberto. No gramado, os detalhes também chamam a atenção, com trilhas criadas a partir de travessas de madeira e pedras naturais intercaladas.

CLÁSSICO AO AR LIVRE

Imponente é a palavra que define projeto assinado por George Zardo. A área da piscina tem conforto e estilo com o mobiliário em tons claros e em linhas retas dispostos harmonicamente em volta do espaço. O estofamento removível e em tecido foi escolhido por ser, além de bonito, prático. Há possibilidade de ser retirado, não aquece tanto quanto outros materiais e ainda é fácil de ser lavado. Para completar, a área externa é toda composta por pedras naturais, que garantem resistência e durabilidade ao espaço. A aposta envolve também o clássico da arquitetura e decoração: o mármore Travertino Romano Bruto, compondo piso e os pilares.
 (Edgard César/Divulgação)
CLÁSSICO AO AR LIVRE
Imponente é a palavra que define projeto assinado por George Zardo. A área da piscina tem conforto e estilo com o mobiliário em tons claros e em linhas retas dispostos harmonicamente em volta do espaço. O estofamento removível e em tecido foi escolhido por ser, além de bonito, prático. Há possibilidade de ser retirado, não aquece tanto quanto outros materiais e ainda é fácil de ser lavado. Para completar, a área externa é toda composta por pedras naturais, que garantem resistência e durabilidade ao espaço. A aposta envolve também o clássico da arquitetura e decoração: o mármore Travertino Romano Bruto, compondo piso e os pilares.
PRÓPRIO PARA RELAXAR

Quando o terreno é espaçoso, muitas possibilidades podem ser exploradas. Com essa premissa, os profissionais da Attrium Arquitetura apostaram em um gazebo, que não só valoriza o jardim, como também preenche o lado oposto da área de lazer/piscina. O espaço, dedicado ao relaxamento, é ideal também, segundo os profissionais, para a promoção da união familiar, recepção de amigos e desfrute de momentos especiais. Com estrutura em madeira e mobiliário em estilo clássico, o ambiente proporciona a integração do verde com os usuários do espaço, permite o usufruto da luz natural e conta ainda com o aconchego dos tons claros e de estofamento em tecido acquablock, impermeável e que pode ser lavado. A incidência de luz, vento e chuva não é problema, uma vez que as peças são removíveis. A ambientação do espaço conta ainda com grama em abundância e uma lareira a céu aberto para aquecer dias e noites mais frios. (Haruo Mikami/Divulgação )
PRÓPRIO PARA RELAXAR
Quando o terreno é espaçoso, muitas possibilidades podem ser exploradas. Com essa premissa, os profissionais da Attrium Arquitetura apostaram em um gazebo, que não só valoriza o jardim, como também preenche o lado oposto da área de lazer/piscina. O espaço, dedicado ao relaxamento, é ideal também, segundo os profissionais, para a promoção da união familiar, recepção de amigos e desfrute de momentos especiais. Com estrutura em madeira e mobiliário em estilo clássico, o ambiente proporciona a integração do verde com os usuários do espaço, permite o usufruto da luz natural e conta ainda com o aconchego dos tons claros e de estofamento em tecido acquablock, impermeável e que pode ser lavado. A incidência de luz, vento e chuva não é problema, uma vez que as peças são removíveis. A ambientação do espaço conta ainda com grama em abundância e uma lareira a céu aberto para aquecer dias e noites mais frios.
CHARME AO NATURAL

Quando se fala em área externa charmosa, é possível lembrar também de áreas de recepção, que abrigam jardins e entradas residenciais, como a do projeto assinado pelo escritório Denise Zuba, intitulado Refúgio Veredes Cinex. Tecnologia e inovação são marcas desse espaço, que é moderno e elegante. O jardim traz painel formado por perfis verticais encaixáveis, que possibilitam personalização, de acordo com o projeto idealizado pelo arquiteto. Dentro dessas estruturas, Denise optou por colocar arranjos com plantas naturais e troncos de madeira que remetem ao cerrado. Também usou um banco rústico com contornos bem definidos como uma das peças-chave da área.  (Jomar Bragança/Divulgação )
CHARME AO NATURAL
Quando se fala em área externa charmosa, é possível lembrar também de áreas de recepção, que abrigam jardins e entradas residenciais, como a do projeto assinado pelo escritório Denise Zuba, intitulado Refúgio Veredes Cinex. Tecnologia e inovação são marcas desse espaço, que é moderno e elegante. O jardim traz painel formado por perfis verticais encaixáveis, que possibilitam personalização, de acordo com o projeto idealizado pelo arquiteto. Dentro dessas estruturas, Denise optou por colocar arranjos com plantas naturais e troncos de madeira que remetem ao cerrado. Também usou um banco rústico com contornos bem definidos como uma das peças-chave da área.

CONFORTO ESTRATÉGICO 

A varanda de estar com espaço gourmet é, para a arquiteta Silvana Albuquerque, o coração da casa. A residência no Lago Sul assinada pela profissional tem espaço especial com 120 m2 e conta com mobiliário em tons claros, assim como piso e paredes, garantindo ao ambiente a leveza do verão. Com área para jantar, estar e lazer, o cômodo foi planejado para ser explorado em diversas ocasiões, dia ou noite, de churrascos a jantares. Para a arquiteta, apostar em uma área externa é uma forma de colocar a natureza e o morador em contato, por ser mais agradável do que um ambiente fechado. O mobiliário de qualidade, em especial os de fibra sintética, remetem ao natural e são resistentes.
 (Haruo Mikami/Divulgação)
CONFORTO ESTRATÉGICO
A varanda de estar com espaço gourmet é, para a arquiteta Silvana Albuquerque, o coração da casa. A residência no Lago Sul assinada pela profissional tem espaço especial com 120 m2 e conta com mobiliário em tons claros, assim como piso e paredes, garantindo ao ambiente a leveza do verão. Com área para jantar, estar e lazer, o cômodo foi planejado para ser explorado em diversas ocasiões, dia ou noite, de churrascos a jantares. Para a arquiteta, apostar em uma área externa é uma forma de colocar a natureza e o morador em contato, por ser mais agradável do que um ambiente fechado. O mobiliário de qualidade, em especial os de fibra sintética, remetem ao natural e são resistentes.
 

COMENTÁRIOS
Os comentários estão sob a responsabilidade do autor.

EDIÇÃO ESPECIAL | BRASILIENSES DE 2018